Covid-19: novas mortes são registradas na região

Djalma Marcelino, de Braço do Norte, e Marcelo da Luz, de Gravatal, aumentam a triste estatística na região

A última semana foi de perda para famílias do Vale do Braço do Norte que enfrentam a pandemia do novo coronavírus, com o registro de duas mortes pela Covid-19.
No município de Braço do Norte, familiares e amigos lamentaram a perda de Djalma Marcelino, aos 43 anos, no sábado, dia 27. Ele estava internado na UTI do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão e, após um mês de batalha, não resistiu à infecção. Seu sepultamento ocorreu no dia seguinte, domingo, em Braço do Norte.
Conhecido na região, Djalma era empresário e produtor de eventos. Foi o responsável por inúmeros shows nacionais, festas de municípios, bailes, formaturas, entre outros eventos, por toda a região.
Nas redes sociais, várias foram as manifestações de pesar e condolências à família do empresário. “Grande Djalma! Oramos muito pra te ter novamente conosco, mas Deus quis festa no céu. Sempre ouvimos com muita atenção tuas dicas e conselhos. Que Deus te tenha com Ele”, diz mensagem deixada na página oficial de Evandro Rodrigues e Banda no Facebook.
O perfil da Paty Eventos também deixou seu pesar: “Não tenho palavras, porque perdemos o chão! Peço a Deus que te dê todas as estrelas do céu! Djalma, agora você cuida de nós. Em até breve, meu amigo”.
Djalma foi a terceira morte por Covid-19 registrada em Braço do Norte.

Segundo óbito em Gravatal

Marcelo Vieira da Luz, aos 36 anos, foi a segunda morte em Gravatal causada pela pandemia de Coronavírus. Seu falecimento foi confirmado na madrugada de segunda-feira, dia 29, e ele estava internado há 11 dias na UTI do Hospital Nossa Senhora da Conceição.
Marcelo era mecânico e trabalha na Copobras, em São Ludgero. Era natural de Braço do Norte. No seu perfil no Facebook, amigos e parentes deixaram suas mensagens de carinho. “Uma pessoa nova, cheia de vida. Chocada com essa perda. Que deus te receba, vizinho, uma pessoa muito boa”, dizia o recado postado por Taise Batista. “É triste não se despedir das pessoas. Não dar um abraço de conforto nos tios, dói o último adeus. Vai com Deus, Marcelo Vieira Da Luz!”, comentou Luciana Vieira da Luz Camillo.


Leave a Comment