Funcionamento de parques aquáticos ganham regras

Governo de Santa Catarina publicou nesta terça-feira, 15, a portaria 705, que estabelece critérios para o retorno gradual e monitorado de atividades aquáticas em parques e complexos de águas termais. A volta obedecerá a Avaliação do Risco Potencial para Covid-19 nas regiões de Saúde.
Nas Regiões de Saúde que apresentarem Risco Potencial Grave (cor laranja), o número de visitantes deve ser de, no máximo, 40% da sua capacidade, segundo a portaria. Nas regiões de Risco Alto (cor amarela), o número de visitantes deve ser de, no máximo, 50% da sua capacidade. Ao passo que as regiões que apresentarem Risco Moderado (cor azul), fica irrestrito o número de visitantes no parque aquático ou complexo de águas termais.
Em Gravatal, o parque aquático se organiza para reabrir suas portas a partir de outubro. Até quarta-feira o risco potencial nos 18 municípios da Amurel era Gravíssimo e, de acordo com a portaria, a região que apresenta este potencial, cor vermelha, fica proibida de ter o funcionamento. Por outro lado, os hotéis termais da cidade de Gravatal, com seus complexos de água termomineral, já estão todos operando dentro das regras estabelecidas, com capacidade limitada.
Com redução de casos, na própria quarta-feira, 16 de setembro, a região foi reclassificada para risco potencial grave. Da avaliação realizada no dia 8 de setembro para a avaliação do dia 15, apenas a região Nordeste permaneceu classificada com risco gravíssimo. Atualmente, a Amurel contabiliza 169 mortes desde o início da pandemia.


Leave a Comment