É golpe por celular e fogueira polêmica

VOO DO MOSCA

Golpistas que cloraram o celular de um empresário de Braço do Norte, na última sexta-feira, conseguiram enganar, pelo que se sabe, outro morador da cidade. Depois de ter acesso ao aparelho, os estelionatários fizeram passar pelo dono da linha e solicita a alguns contatos aleatórios o depósito de dinheiro em uma conta de terceiros. Ao ser prestativo, um cidadão acabou depositando R$ 8,4 mil na conta indicada pelos bandidos. O bloqueio da conta foi solicitado imediatamente via Justiça. Não se sabe ainda se o valor foi recuperado. Mas, serve de alerta.

Punições
indevidas

Servidores da Prefeitura de Santa Rosa de Lima que, às vésperas da eleição de 2016, foram punidos pela Administração Municipal da prefeita Dilcei Heidemann (MDB) com uma advertência e cinco dias de suspensão, o popular gancho, por participarem de uma paralisação reivindicando reajustes salariais, saíram vitoriosos após questionarem a medida na Justiça. O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) reconheceu que as sanções foram aplicadas indevidamente, por dois motivos: é garantido o direito de greve a servidor público desde que não haja interrupção de serviços essenciais, e as punições foram impostas sem dar chance aos imputados o exercício à ampla defesa e ao contraditório. A decisão já transitou em julgado. Assim, 36 servidores que receberam advertência e suspensão, e outros 30, aproximadamente, que receberam apenas advertência naquela ocasião, tiveram, por ordem judicial, as punições retiradas de suas fichas funcionais. Já Dilcei, sofreu uma pena bem maior no mesmo ano, não conseguiu a reeleição.

Lançado

O senador Jorginho Mello (PL) participou, através de uma live, do programa Fernando Freitas na quinta-feira, 18 de junho, chancelou a pré-candidatura do vereador Ricardo Medeiros, do seu partido, à Prefeitura de Braço do Norte. Anunciou ainda que não esqueceu a solicitação feita no começo deste ano de R$ 12 milhões para a macrodrenagem do córrego Santa Augusta e espera, em breve, poder anunciar a liberação da primeira parte deste projeto. Também evitou admitir que pretende disputar o Governo do Estado em 2022. “É muito cedo pra falar neste assunto”, limitou-se. Disse, porém, que se reúne a cada dois dias com o presidente Jair Bolsonaro.

Recorde de automóveis

A tradicional festa de São João Batista, de Grão-Pará e a queima da fogueira a ganharam uma nova roupagem este ano em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Para não deixar passar a data em branco, o Conselho de Pastoral da Comunidade (CPC) organizou uma missa na quarta-feira, 24 de junho, dia do padroeiro, às 10 horas, seguindo todas as recomendações sanitárias para evitar a propagação do Covid-19. Já no final do dia, uma procissão motorizada reuniu mais de 400 veículos. Eles receberam a bênção do padre Elias Della Giustina. Segundo os organizadores, a maior quantidade de veículos até hoje na procissão. No pedágio em prol da manutenção dos trabalhos da matriz, foram arrecadados R$ 4,5 mil, registra o coordenador do CPC, Wendel de Souza Kulkamp.

Queima da fogueira

Por volta das 21 horas, o empresário João Gabriel Coan, da Coan Recuperadora Automotiva de Braço do Norte, e parceiros, arremataram por R$ 14 mil o privilégio de acender a fogueira de 5,5 metros erguida no pátio da matriz São João Batista. Outro recorde, já que o maior valor oferecido até este ano para pôr fogo era de R$ 11,5 mil. O momento foi acompanhado de uma queima de fogos. Um pouco mais modesta, em relação aos anos passados, em que milhares de pessoas se aglomeravam para acompanhar o espetáculo, mas que não deixou a festa perder o brilho, acrescenta Wendel de Souza Kulkamp. Toda esta comemoração foi registrada ao vivo e está à disposição na Fanpage da Paróquia São João Batista. Até o momento são mais de 15 mil visualizações e 130 compartilhamentos.

Auxílio

Por curiosidade, o empresário João Gabriel Coan, que teve o maior lance para acender a fogueira de Grão-Pará 14 mil, e a esposa, Flavia Uliano, que administram a Coan Recuperadora Automotiva, de Braço do Norte, aparecem na lista de beneficiários do auxílio emergencial do Governo Federal no mês de maio e que está impresso nesta edição da Folha do Vale. João Gabriel recebeu R$ 600 e a esposa R$ 1.200. O auxílio emergencial foi uma forma encontrada pelo governo de ajudar os microempreendedores individuais que estão passando por dificuldades financeiras.

Menos taxas

Entra em segunda votação na Câmara de Vereadores, na próxima semana, o projeto de lei complementar do suplente de vereador Isaac da Rosa Nazário que equipara o pagamento de taxas municipais dos produtores de bebidas alcóolicas e de fumo ao de outras empresas em Braço do Norte. Esta semana, na primeira votação, por 9 votos a favor e apenas um contrário, a Câmara considerou suprimir do Código Tributário Municipal o seguinte parágrafo: “§ 2º – Ficam sujeitos ao pagamento em dobro da os Taxa anúncios referentes a bebidas alcoólicas e cigarros, bem como os redigidos em língua estrangeira.” Atualmente, as duas empresas produtoras de cerveja artesanal registradas em Braço do Norte são tributadas em dobro devido a esta legislação. Para a vereadora Maria da Silva Kulkamp, única que votou contrária, é necessário um parecer da Assessoria Jurídica do município antes do Legislativo colocar em segunda votação esta modificação de lei, sobre risco da Câmara estar legislando sobre algo que não está em sua competência, nos termos do artigo 34, I, da Lei Orgânica Municipal. Ainda, a supressão proposta pode causar renúncia de receita, o que é vedado pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Já para o presidente da Câmara, Ricardo Medeiros, na sua avaliação, há má interpretação da lei, que taxa os anúncios de bebida e de cigarros, não a sua produção.

Aberto
aos sábados

Diferente dos demais municípios da região que determinaram, por lei, a proibição do comércio aos sábados à tarde, Gravatal manteve autorizada a abertura das portas dos estabelecimentos comerciais até às 18 horas, porém, sem a realização das promoções dos chamados “dias D”, que oferecem descontos e preços especiais. Também está proibida a abertura aos domingos. Como acontecia, até então, no período da manhã. Segundo a Administração Municipal, os turistas que procuram as Termas do Gravatal, são atraídos, em boa parte, pelas lojas que oferecem, principalmente, artigos de vestuário a preços diferenciados. Seria ilógico fechar por completo estes estabelecimentos, sufocando de vez o turismo.

Mensalidades reduzidas

Os acadêmicos do Unibave terão uma redução no valor das mensalidades, por três meses, a partir de julho. A redução é fruto de uma série de ajustes administrativos que a instituição realizou nas últimas semanas. Com o período letivo do segundo semestre previsto para iniciar em 10 de agosto de 2020, a universidade se prepara para poder receber os acadêmicos de forma presencial e com todos os cuidados necessários para garantir a segurança dos estudantes. Com a projeção de retorno, é importante que alunos estejam com sua rematrícula em dia e a quitação de débitos referentes ao primeiro semestre regularizados.


Leave a Comment