Segunda-feira, 04 de março de 2024
Braço do Norte
22 °C
20 °C
Fechar [x]
Braço do Norte
22 °C
20 °C
ESPAÇO EMPRESARIAL

Crianças devem usar óculos de sol?

Oftalmologista do Provida, Yasmin Tournier Boppre, esclarece sobre os benefícios do acessório visual

Tubarão - SC, 08/02/2024 14h00 | Atualizada em 08/02/2024 14h45 | Por: Redação
O uso dos óculos de sol é liberado após os 9 anos. Antes disso, o uso é controverso e não há consenso entre especialistas

      Os irmãos, Alice, 10 anos e Bento, 5 anos, costumam passar as férias de verão na praia. Para os pais, que também gostam de areia e água salgada, os óculos de sol dos pequenos são acessórios fundamentais para proteção. Cuidado visual que muitas famílias desconhecem sua efetividade. Mas afinal, as crianças devem ou não usar óculos de sol?

     A oftalmologista do Complexo Médico Provida, Yasmin Tournier Boppre, explica que crianças não devem ser expostas ao sol antes dos 6 meses. “Quanto ao uso dos óculos de sol, ele é liberado após os 9 anos. Antes disso, o uso é controverso e não há consenso entre especialistas”, lembra a médica. “Sabemos que o ideal é que todas as pessoas que se expõe em sol usem óculos escuros para proteger o olho da radiação ultravioleta e evitar possíveis complicações. Porém, antes dos 9 anos a visão está em desenvolvimento, e uma certa exposição, em horários com pouca radiação ultravioleta, pode ser saudável para o desenvolvimento da visão de cores e de contraste”, salienta. 
   
   A profissional defende que deve prevalecer o bom senso. “Caso a criança seja exposta ao sol em horário de pico, ou seja, entre às 10h e às 16h, por um período de curto tempo, os óculos escuros são bem-vindos para ajudar na fotoproteção. Porém, o uso não deve ser prolongado nem diário para crianças abaixo de 9 anos. Após essa idade, pode- se usar à vontade, sempre que se expor ao sol”, esclarece Yasmin.

      Na hora da aquisição dos óculos, a indicação médica é adquiri-los em locais de procedência confiável, como em ópticas e lojas de produtos legítimos, já que as lentes devem ter proteção para os raios ultravioletas (UV). “Óculos sem proteção à radiação UV, de fonte duvidosa ou produtos falsificados podem lesionar o olho e prejudicar as estruturas internas, ao permitir maior entrada de radiação. O importante é que ele tenha um tratamento anti-UV adequado, o que só um revendedor oficial irá garantir”, alerta a oftalmologista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

      Para a higienização adequada dos óculos, sejam de sol ou de grau, infantis ou adultos, a a médica indica usar água, somente fria, e detergente neutro. Podem ser lavados na pia de casa, fazendo espuma com o detergente na limpeza das lentes. Na hora da secagem, usar lenço de papel, papel higiênico ou guardanapo, e nunca esfregar, sempre com batidinhas leves para evitar estragar ou arranhar a lentes.

     “Apesar dos óculos de sol nas crianças parecerem um acessório de moda, ele é fundamental para saúde dos olhos e deve ser um item de uso ao ar livre, nos dias de sol, principalmente no horário de pico, com as ressalvas em crianças entre seis meses e nove anos. Em caso de alguma irritação ou desconfortos nos olhos, principalmente se parecer que a criança tem uma sensibilidade anormalmente alta à luz, a avaliação por oftalmologista é imprescindível”, completa.

Folha do Vale

Rua Manoel Jorge Neves, 470, Bairro Tiradentes, Gravatal, CEP: 88.735-000 - Santa Catarina.

Telefone: 48 3658-7373.

Folha do Vale © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia
WhatsApp

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, entendi!