sábado, janeiro 23Diário online de Braço do Norte

Toninho presta contas de sua gestão na Cerbranorte

Ex-presidente distribui material que avalia a sua administração

 

TONINHO entrega pessoalmente o material confeccionado

 Após dez meses do imbróglio eleitoral para escolha da nova diretoria da Cerbranorte (Cooperativa de Eletricidade de Braço do Norte, que culminou com o cancelamento das eleições, Antônio José da Silva, o “Toninho”, confeccionou e distribui uma prestação de contas dos oito anos de sua gestão. Fala sobre as conquistas e desenvolvimento energético de toda a região de abrangência da cooperativa.

Nascido na cidade de Armazém, em 1983 fixou residência em Braço do Norte onde montou seu próprio negócio. “Sempre procurei respeitar as pessoas e multiplicar amigos. Desde então, estive presente nas comunidades da cidade. Em 2011, fui convidado para fazer parte da diretoria da Cerbranorte. Preparei minha família para ficarem a frente de nosso negócio para que eu pudesse me dedicar e focar nesta nova etapa”, recorda Toninho.

O ex-presidente conta que, quando assumiu a direção da cooperativa, encarou com muita garra e determinação os desafios. Segundo ele, a Cerbranorte tinha diversas carências, com a energia bastante precária naquele momento. “Me coloquei à disposição para fazer o que fosse necessário para ajudar os associados que quisessem produzir e investir ainda mais em Braço do Norte”, enfatiza.

“Nessa época as empresas não tinham oportunidade de crescimento e desenvolvimento nos quatro municípios que a Cerbrarnorte era responsável pelo fornecimento de energia, Braço do Norte, Rio Fortuna, e para a Cooperativa de Anitápolis que atente também Santa Rosa de Lima. Trabalhamos para construir a subestação, melhorias e investimentos foram realizados, trazendo, com isso, a oportunidade de crescimento e desenvolvimento para todos”, avalia o ex-presidente que desenvolveu um material informativo contando um pouco da trajetória da cooperativa entre os anos de 2011 a março de 2019.

Toninho explica que, 2019, o processo eleitoral não pôde ser realizado, devido a interpelação judicial. Sendo assim o mesmo foi adiado e tramita para que aconteça ainda no começo de 2020. “Respeitei, questionei e entendi a importância e necessidade de se aguardar o recadastramento de alguns associados. Tenho a consciência tranquila de dever cumprido e sigo em frente na busca permanente de mais recursos e investimentos para nossa região, pois entendo que este é ponto de partida para o verdadeiro e almejado salto de crescimento econômico e social do nosso município e da região”, contextualiza.

 

Gestão de realizações

Além de dezenas de importantes obras que podem ser conferidas no informativo com oito páginas que está sendo distribuído, o ex-presidente comemora o grande trabalho cooperativista junto à comunidade realizado nestes oito anos.

“A nossa gestão na cooperativa foi concluída em março de 2019 com grandes resultados. Em Rio Fortuna, houve um progresso enorme na construção da nova rede de distribuição e a sede está passando por uma reforma, cujo primeiro passo foi a construção de um galpão que será utilizado como almoxarifado, garagem das viaturas, e muitas outras funções que auxiliarão na eficiência dos serviços diários”, conta.

A Cerbranorte tem em média 70 novos consumidores por mês, uma prova de que os dois municípios estão se desenvolvendo consideravelmente. Para que todos recebam energia de qualidade e em quantidade, é necessário investir constantemente em ampliações e manutenções no sistema de distribuição de energia. Foram mais de 300 obras executadas, como por exemplo, a instalação de 45 transformadores, a substituição e a implantação de 1.212 postes, e melhorias em mais de 60 km de rede de alta e baixa tensão. Além de novas redes, foram realizadas substituições de condutores existentes por cabos de maior potência em diversas localidades.

A qualidade dos serviços prestados é também uma das prioridades da diretoria, por isso, foram proporcionados aos colaboradores da Cerbranorte 17 cursos de capacitações e treinamentos. Sempre com o objetivo de desenvolver as habilidades e aprimorar os conhecimentos técnicos. Além disso, foram realizadas palestras motivacionais que contribuem com a autoestima, a promoção de valores cooperativistas e o comprometimento dentro e fora da empresa.

A Cerbranorte desenvolve atividades para a comunidade em geral desde a sua fundação, mas hoje podemos dizer que essas práticas priorizam os benefícios aos associados de maneira igualitária e são feitas de uma forma muito mais responsável, visando a contribuição da cooperativa no desenvolvimento da sociedade.

Nos últimos anos, pois foi responsável por concretizar o projeto da usina Fotovoltaica, com o investimento de R$ 660 mil, através do Programa de Eficiência Energética – PEE. Este projeto permitirá que o Hospital gere 60% do consumo de energia e economize para investir em outras prioridades.

O auxílio da Cerbranorte ao Hospital Santa Teresinha, possibilitou o aumento e até mesmo a continuidade do atendimento em muitas especialidades e serviços.

Um dos projetos mais importantes da Cerbranorte é o Cooperjovem, realizado desde 2010. Ao longo dos 8 anos de execução, foram muitas ações cooperativistas praticadas pelos alunos do 1º ao 5º ano das escolas Atílio Ghisi, de Braço do Norte, e Professor José Boeing, de Rio Fortuna. Os projetos desenvolvidos pelos alunos atingem tanto a comunidade escolar quanto a sociedade em geral.

A parceria com o Sesi nasceu há mais de 15 anos e através dela são promovidos projetos muito bacanas como o Sesi Ciências. Esse projeto foi levado às escolas públicas de Braço do Norte e Rio Fortuna, atingindo cerca de 1886 alunos. Nele os jovens experimentam diversos aspectos da ciência e da tecnologia, através de atividades interativas sobre temas relevantes para a sociedade e para a indústria.

É também, através da parceria com o Sesi, que foram disponibilizadas mais de 25 vagas para o curso de robótica à crianças e jovens, de 11 à 17 anos.

O projeto “Revitalizando Energias”, é desenvolvido por colaboradores da Cerbranorte de forma voluntária e tem como objetivo reutilizar materiais, como bobinas e cruzetas retiradas da rede, que para a cooperativa não tem mais utilidade, na construção de lixeiras, mesas e bancos. Além de reciclar esses materiais, o intuito é criar ambientes agradáveis onde as pessoas possam ler, conversar, e “revitalizar as energias”. Os colaboradores voluntários fazem a restauração, a construção, e a instalação dos objetos em escolas, creches e praças.

A cooperação é, sobretudo, um dos maiores valores da Cerbranorte e o esporte é um grande exemplo de cooperativismo, por isso, apoiar atletas e eventos esportivos é um compromisso da cooperativa. Em 2018, a Cerbranorte contribuiu para que diversos atletas conquistassem medalhas e títulos importantes para a região. Para reconhecer o verdadeiro valor do esporte, a cooperativa realiza apoios pontuais para eventos esportivos, participação de atletas em diversas competições, e também há grandes parcerias firmadas para o ano todo com a Associação de Atletismo do Vale de Braço do Norte, a “Japinha do Karatê”, a Associação de Karatê Braçonortense e Parceiros BN – Corredores de Rua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale