Tem boi na pista

A coluna de Fernando Sombrio, diretamente de São Ludgero

Não é difícil nos depararmos na Estrada Geral Rio Pinheiros com animais (bovinos) na pista. Toda semana tem, em vários pontos do trecho, que liga as comunidades de Rio Pinheiros e Três Divisas, algum animal de grande porte no meio da estrada. Este, da foto, foi para a margem, pois parei para fazer a foto e então saiu da frente do veículo.

É muito perigoso, principalmente aos motociclistas, que mesmo em baixa velocidade, sabendo que não há iluminação pública, podem acabar colidindo no animal e as consequências serem graves. Tem muitos produtores na localidade e não é nem uma crítica, mas sim um pedido por mais segurança, que reforcem suas cercas. A prefeitura também poderia sinalizar com placas, que o local “tem” animais na pista. Em caso de acidente, caso proprietário não seja identificado, o município pode acabar sendo penalizado, pois é quem tem a responsabilidade legal pela conservação, sinalização e fiscalização das estradas.

Toda vida importa

A pergunta que quero fazer é bem simples. Quem pode morrer de Covid-19 porque já tinha outras doenças?

Toda vez que chega à informação de um paciente que teve complicações com o cornavírus, ou até mesmo o óbito, já vem a pergunta ou afirmação de alguns internautas. Ah, mas ele tinha problemas respiratórios. O “fulano” tinha diabetes, o “ciclano” tinha problemas cardíacos, e por aí vai. Porém, quem é que deveria morrer por ter estes problemas? Se seguiam suas vidas normalmente controlando seus problemas com remédios. Só porque surgiu um vírus novo, aqueles que tem comorbidades, do nada, merecem morrer? Muitas pessoas enfrentam problemas de saúde e seguem sua vida tranquilamente, claro, estes devem cuidar ainda mais para não se contagiar, pois os riscos são maiores. Agora dizer, “morreu porque já tinha problema”, não dá, é muito egoísmo misturado com ignorância, aliás a pandemia tem separado bem os idiotas dos racionais!


Parceira

Com o investimento de R$ 23.800,00 a Cegero ajuda a Prefeitura mais uma vez. Eu não me canso de evidenciar a nossa cooperativa e seu trabalho, pois nos enche de orgulho e sempre surpreende. Além da energia mais barata, está sempre contribuindo para que a cidade fique mais bela, com mais qualidade de vida, nos serviços essenciais, sociais e saúde. Já foi feita a doação uma vez de testes rápidos para a Covid-19 e agora comprou e fez a doação de mais 200 testes rápidos que identificam os anticorpos IgG e IgM à Secretaria de Saúde. Parabéns para toda equipe em especial ao presidente Francisco Niehues Neto, o “Chiquinho”.


Leave a Comment