Semana MEI oferece consultoria grátis

Vagas encerram nesta sexta-feira e devem ser realizadas na Acivale

Coluna semanal de empreendedorismo com Michell Sombrio

De 18 a 22 de maio realiza-se a Semana MEI (Microempreendedor Individual) e o Sebrae disponibiliza gratuitamente consultorias para os Microempreendedores de Braço do Norte.

Na terça 19 de maio a consultoria será sobre o um Plano Emergencial Financeiro, das 14h às 18h. Já no dia 20, será abordado o tema Mercado durante e após o Covid-19, também no mesmo horário. Ambas as consultorias serão realizadas presencialmente e individualmente, basta ligar para a Acivale em horário comercial no telefone 3658-3679 e agendar o seu horário de atendimento. As vagas são limitadas e deverão ser reservadas ainda hoje, sexta-feira.

Seguro desemprego

O secretário de Estado da Fazendo de Santa Catarina, Paulo Eli, declarou esta semana em uma live, que no mês de março, 22 mil pessoas deram entrada no seguro desemprego, já em abril, foram 45 mil pessoas. Em Braço do Norte, segundo informações da Central do Cidadão, mais de 400 pessoas deram entrada no mês de abril presencialmente, fora os pedidos feitos on line que não foram contabilizados. Em março de 2020 foram feitos aproximadamente 100 pedidos, mas o atendimento era realizado para toda Amurel, já que o posto do Ministério do Trabalho em Tubarão está fechado. No mês de abril o atendimento passou a ser feito apenas para moradores de Braço do Norte. Proporcionalmente o aumento de pedidos é muito grande, isso demonstra o tamanho da crise que estamos vivendo.

Demissões

Apenas uma empresa de Braço do Norte, demitiu 30 funcionários, outras estão dando férias coletivas, diminuindo a jornada de trabalho e tentando redirecionar os colaboradores. Em Santa Catarina estimasse que já chegamos a mais de 550 mil demissões durante a pandemia e a tendência é piorar. Mesmo que o isolamento termine hoje, a recuperação econômica levará meses para se recompor, até lá não sabemos quem ficara de pé.

Cartão de Crédito

O Senado cancelou a sessão de ontem à tarde, na pauta estava previsto a votação de um projeto que limitava em 20% anual os juros do cartão de crédito. Os senadores Dário Berger (MDB-SC) e Alvaro Dias (PODEMOS-PR) são os autores da proposta e a defesa da tese de ambos seria importante para convencer os outros senadores. Atualmente a taxa de juros anual de alguns cartões ultrapassa os 300%, o que é um absurdo. Como a taxa de juros básica teve uma queda, a justificativa dos senadores é de que não existe argumentos para manter os juros do cartão no atual patamar.

Penso que em nenhuma hipótese os juros deveriam ficar no patamar atual, 300% chega a ser um tapa na cara e um assalto ao bolso do consumidor. Com os juros menores a chamada bola de neve das faturas deverá ser menor, pois sem renda as pessoas acabam parcelando as faturas, muitas vezes não percebendo a quantidade de juros que estão embutidos na negociação.


Leave a Comment