domingo, março 7Diário online de Braço do Norte

SC tem aumento de 35% nas exportações de carne suína

Apesar do mercado em alta, produtor diz que não conseguiu a valorização necessária no preço do produto

Maior produtor nacional de carne suína, Santa Catarina segue ampliando mercados e consolidando sua presença internacional. Em 2020, o agronegócio catarinense teve um aumento de 35% no faturamento com os embarques do produto, chegando a US$ 1,2 bilhão. Esse é o melhor resultado da história. Os números são divulgados pelo Ministério da Economia e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa).

Santa Catarina embarcou mais de 523,3 mil toneladas de carne suína com destino a 67 países


O secretário adjunto de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Ricardo Miotto, destaca que o agronegócio de Santa Catarina teve importantes conquistas em 2020, principalmente na suinocultura, e faz projeções otimistas para este ano. “Com trabalho, superamos a barreira de US$ 1 bilhão com as exportações de carne suína, e esse é um volume de negócios muito interessante para Santa Catarina. Em 2021, apesar da alta nos preços dos insumos, a carne suína continuará favorável e nós seguiremos acessando mercados e aumentando o volume de exportações”, diz o secretário. Ainda acrescenta que o Estado tem muito a comemorar e com a responsabilidade para manter a cadeia produtiva operante, rentável, gerando emprego e renda para os produtores rurais.

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale