sexta-feira, janeiro 22Diário online de Braço do Norte

Saúde na Câmara

Coluna de Gabriel Vandresen

A Secretária de Saúde, Claudete Hemkemeier, usou a tribuna da Câmara de Vereadores, na noite de terça-feira, para prestar alguns esclarecimentos sobre sua pasta. Recentemente, teria sido questionada sobre a falta de vagas para tratamentos de psiquiatria e fisioterapia. Claudete reconheceu que existe uma fila de espera nestas duas especialidades. Lembrou que, até junho, apenas dois profissionais atendiam na área de fisioterapia. Depois desta data, um novo profissional foi contratado para ministrar mais 600 horas de trabalho ao município. Segundo a secretária, por se tratar de áreas que exigem um tempo maior de tratamento, os profissionais estão com todos os horários já preenchidos e a rotatividade é pequena, como nos atendimentos de fisioterapia motora, respiratória e neurológica. Já no caso da psiquiatria, a pandemia aumentou o número de pacientes com problemas de depressão e ansiedade. Os últimos oito meses tiveram diversos casos de pacientes com caso de pensamentos suicidas em que a Secretaria foi obrigada a fazer encaixes, o que tornou inda mais difícil o ingresso de novos tratamentos, porque são poucas as vagas. Uma melhor parceria com os médicos que atendem na Estratégia da Saúde da Família foi apresentada como solução, à curto prazo, para iniciar estes tratamentos.

Melhorias

Imprevistos durante o desligamento do fornecimento de energia, que estava programado das 8h às 10h do último domingo, prolongaram o período que consumidores da Cerbranorte, em nossa cidade, ficaram sem luz. Para que fosse realizada a etapa programada da construção da nova rede de Rio Fortuna, Santa Rosa e Anitápolis, os trabalhos deveriam iniciar às 6 horas, mas foram retardados para depois que a chuva passasse. A Cerbranorte optou em dar seguimento no serviço mesmo sabendo que um possível atraso aconteceria, pois a cada dia que passa a conclusão desta obra se faz ainda mais necessária.

Melhorias 2

Com o aumento das temperaturas nos últimos dias, já percebemos o avanço no consumo e a necessidade de demanda maior para a região de Rio Fortuna. Com a conclusão dos serviços realizados no domingo, já é possível ter uma melhor estrutura para divisão de carga, tanto para as comunidades de São José, São Maurício, Uruguaia, Represa e Rio Amélia, quanto para os municípios de Rio Fortuna, Anitápolis e Santa Rosa de Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale