São Ludgero diz não à Fosfateira

O assunto mais badalado do momento, na região, principalmente desde o desastre em Brumadinho (MG), é a possível Fosfateira em Anitápolis e as mobilizações para impedir sua instalação. O deputado estadual Volnei Weber (MDB), apresentou proposta, que tramita na Assembleia Legislativa, visando proibir a mineração de fosfato, rocha fosfática e derivados no Estado. Não sei como esta proibição será aceita mas, aqui na nossa região, tenho plena convicção que uma maioria absoluta é contra a instalação de uma fosfateira. Primeiro, pela apreensão de uma tragédia. Fora isso, muitos outros fatores existem. Nesta semana o vereador Adriano Becker (MDB) também evidenciou bastante o assunto, assim como o presidente da Câmara de Vereadores, Alexandre Pereira (MDB). Eu, como navegador dos rios, junto dos meus amigos do Grupo Caiques São Ludgero, com certeza estamos dispostos a ser a porcentagem maior na luta contra esse mal que nos assombra. Pode compensar para os barões do minério, pra nós que amamos a natureza e as belezas da região, não!

Cultura musical

Tudo foi especial na Quinta Mostra Científica e Cultural da Escola de Educação Básica São Ludgero e, especialmente, destaco a roda de conversa entre músicos que rolou na última quinta-feira, 15 de agosto. Foram convidados artista que contribuem com a história da música no Município e eu tive a honra de ser um destes participantes. Na ocasião, contamos histórias, palavras de incentivos e ainda teve música para os pais e alunos presentes, que tiveram a oportunidade de fazer pedidos. Sezefredo Philippi, o “Frido” falou do Danúbio Azul e de histórias como a de “Lino Vermelho”, que trabalhava de carpinteiro e foi ao Paraná para um trabalho, quando decidiu trocar suas ferramentas por uma gaita, seguindo a carreira na música. Lino Vermelho era meu tio avô, assim como o Wilson Schlickmann, o “Marron” que também estava presente. Outro detalhe importante foi o local: a escola em que muitos tinham estudado ao longo da vida. Como postei em minhas redes sociais, tive momentos memoráveis nesta escola e ter a oportunidade de retornar para passar um pouco de nossa história aos alunos foi espetacular.


Leave a Comment