Promotora pede condenação de Bianchet na Cooperzém

Ministério Público se manifesta contrário à sentença de juiz em Armazém

 

Apromotora de Justiça da Comarca de Armazém, Luisa Zuardi Niencheski, apresentou na sexta-feira, 17 de janeiro, recurso para o Tribunal de Justiça de Santa Catarina rever a posição do juiz de primeira instância, Elleston Lissandro Canali, requerendo a condenação do ex-presidente da Cooperzém, Gabriel Bianchet, e demais réus da ação penal deflagrada após operação Apagão, da Polícia Civil.

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Ou mande e-mail para [email protected] com o assunto Login. Sempre de segunda a sexta-feira, das 09h às 12 horas ou das 13h30min às 17h30min.


Leave a Comment