sexta-feira, janeiro 22Diário online de Braço do Norte

Presidente

A presidência da Câmara de Vereadores de São Ludgero ficará nas mãos de Valcemir Vilani (PL) em 2020. Villani foi eleito por 8 votos. O vereador Lucas Peters (PP), que votou em si mesmo, teve 1 voto. Já o restante da Mesa Diretora, composta por Maria Marlene Schlickmann (MDB), vice-presidente, Lupércio Becker (PSDB) como 1º secretário e Laudi da Silva (PSB) 2º secretário, foi votada por unanimidade. Esta eleição evidencia a afinidade de PL e MDB para o pleito de 2020, onde existe a promessa de que o vice-prefeito seja indicado pelo Partido Liberal. Para ser mais especifico na “opinião” dos bastidores da política, seria Benício Warmeling ou o próprio Valcemir Villani. Resta saber como ficarão as secretarias.

Afinidade 

Por que digo que evidencia a afinidade? Porque a vereadora Maria Marlene Schlickmann, do MDB, almejava este cargo de presidente neste ano, mas acabou cedendo para o fortalecimento do grupo, como ela mesmo mencionou após o agradecimento público do novo presidente eleito. Por sua vez, o vereador Lucas Peters votou em si mesmo e, posteriormente, em sua fala na tribuna, disse que não tem nada contra Villani, que é seu amigo, mas precisava dar um voto de protesto já que, segundo ele, havia um acordo antes das eleições de 2016, que seria um ano de presidência para cada partido. Lucas, na outra legislatura, era mais “chegado” da oposição do PSD e PSDB, mas migrou para a coligação com o MDB, onde não está mais à vontade e, inclusive, se opondo para algumas preposições do Executivo e realizando cobranças semanalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale