terça-feira, janeiro 19Diário online de Braço do Norte

Policial “rigorosa”, deixa a PM de Braço do Norte

Conhecida por seu rigor na aplicação de multas, cabo Fernanda Fernandes passou a integrar o efetivo do Colégio Militar em Laguna  

 

Na tarde da sexta-feira, 21 de fevereiro, a polícia de Braço do Norte se despediu de dois militares: sargento Fabiano Marques Barreto e cabo Fernanda Caetano Fernandes. Os dois militares deixam a Guarnição Especial de Braço do Norte para integrar o corpo de efetivos do Colégio Militar, localizado em Laguna, para onde, há poucos dias, se deslocou o antigo comandante, Peterson do Livramento.

Fernanda era rigorosa na aplicação de multas de trânsito na cidade. Lojistas e moradores chegaram a formular reclamações ao Conselho Municipal de Trânsito, solicitando que as infrações assinaladas por ela, fossem revistas ou que ela orientasse ao invés de aplicar as multas. Antes disso, Fernanda formou milhares de crianças no Proerd, nos seis anos que lecionou, recebendo diversos elogios por seu trabalho. Já o sargento Marques era responsável pela escala de trabalho dos policiais. O perfil de ambos levou ao convite à nova função.

Para marcar a data, os policias receberam o carinho dos colegas da Guarnição Especial e até uma nota foi emitida pela comunicação social da entidade na internet. “Policiais diferenciados, que se destacaram nas diversas atividades desempenhadas, seja na radiopatrulha, auxiliar da seção de operações, auxiliar de instruções de revitalização da tropa, instrutores do Proerd, entre outras funções, as quais exerceram com excelência, atuando sempre com entusiasmo, qualidade técnica e espírito de corpo”, diz o texto. “Todos os integrantes da Polícia Militar de Braço do Norte agradecem pelo companheirismo, pela união, e pelos ensinamentos. Torcemos para que vocês alcancem cada vez mais sucesso em sua nova etapa profissional”, completa a nota.

Sem previsão de reforços

A Guarnição Especial de Braço do Norte tem hoje um efetivo de quase 100 militares para atender a oito municípios. Ainda não há previsão de substituição para os dois policiais. “Há pedidos de transferências para a Guarnição e, um inclusive, para março que deve vir para São Ludgero”, explica o tenente Daniel Tomazeli, responsável pela comunicação da PM local. O comandante da Guarnição Especial, Marco Aurélio Ramm, recentemente comemorou o início da formação de novos 500 alunos que iniciaram a escola de formação de soldados. “Acreditamos que até o começo do próximo ano estes policiais já estejam nas ruas e vamos lutar para trazem um bom número para nossa região”, disse o comandante, lembrando que há outros 35 oficiais, futuros tenentes, que também estão em formação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale