sábado, janeiro 16Diário online de Braço do Norte

Polícia Civil prende receptador de tevê furtada

A Polícia Civil de Orleans prendeu nesta terça-feira, L.P.R., 24 anos, por receptação de um televisor furtado. Após investigações e por meio de denúncia anônima, chegou-se à conclusão que o parelho teria sido negociado com L., que reside no Loteamento João Paulo II, tendo escondido em sua casa, embaixo do assoalho de um depósito, enrolado em uma manta colorida.

No final da tarde de segunda-feira, por volta ‪de 17h20min, ocorreu o furto qualificado pela arrombamento em uma residência situada no Bairro Ayres Rodrigues, cidade de Orleans, sendo que a vítima percebeu que janela da área de serviço arrombada e que várias pertences estavam espalhados pelo chão, tendo sido levado diversos objetos, dentre eles um televisor 32 polegadas, um celular, dois fones, perfumes, roupas, ferramentas e alimentos. Os policiais civis, que iniciaram a investigação, encontraram na extrema do terreno, numa construção desmanchada, parte dos objetos furtados, entre eles roupas, alguns alimentos, perfume e o tablet.

L.P.R foi preso em flagrante delito pela Polícia Civil de Orleans pela receptação do furto. A ele foi arbitrada fiança pelo delegado Ulisses Gabriel. “Como não ocorreu o pagamento, o autuado foi enviado para o Presídio Regional de Criciúma”.

O receptador possui uma vasta ficha policial pela prática de crimes de receptações, furtos, vias de fato, resistências, posse de drogas, ameaças, desacato, dano ao patrimônio público, porte ilegal de arma/munições, tendo sido indiciado por vários crimes, respondendo ações penais, além de possuir duas execuções de pena, tratando-se de autuado reincidente. L. tem 45 boletins de ocorrência em seu nome. Nesse ano ele já foi preso e indiciado duas vezes, sendo preso, agora, novamente.

Furto de bolsa acaba em prisão em Orleans

Na tarde desta terça-feira foi preso em flagrante pela Polícia Militar J. P. A., 55 de anos (o mais alto da foto), por tentar realizar o furto de uma bolsa de uma mulher em um mercado na cidade de Orleans.

J. tem 16 boletins de ocorrência e está em regime aberto, tendo cumprido pena por vários crimes, entre eles o de ter furtado duas armas da Polícia Militar enquanto cumpria pena de prestação de serviço à comunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale