Plano Municipal de Turismo discutido em Orleans

Comunidades do interior e do Centro poderão dar sugestões para o desenvolvimento do Turismo

 

Uma equipe de seis profissionais da Fundação Educacional Barriga Verde (Febave) realiza um extenso estudo em Orleans para elaborar o Plano Municipal de Turismo. O documento será feito para apontar os potenciais da cidade no turismo e as possíveis políticas públicas que precisam ser implantadas para receber o turista. Para que o Plano seja eficaz é preciso da colaboração de todos do município.

Para finalizar o trabalho a pesquisa com as comunidades da cidade é essencial. Durante os dias 4 a 6 de fevereiro estão sendo realizadas Audiências Públicas em comunidades do interior e do Centro para saber a opinião do cidadão orleanense. Toda a população está convidada para participar e contribuir com a pesquisa levando suas ideias e sugestões para o Turismo na cidade.

A turismóloga Ivanir Salete Biff, que compõe a equipe de pesquisa, ressalta a importância da participação pública no Plano. “A construção do Plano Municipal deve ser coletiva, ou seja, contar com a participação de toda a sociedade, sejam empreendedores da área ou não. O turismo é uma atividade de pessoas para pessoas. Nesse sentido, todos devem praticar a hospitalidade com os turistas e visitantes. A estrutura colaborativa fortalece também a implantação de políticas públicas, uma vez que todos os segmentos da sociedade participam do processo de construção e desenvolvimento do Turismo”, comenta.

A pesquisadora Tayse Borguezan Nicoladelli explica como é feita a pesquisa. “Fazemos o levantamento de dados de oferta e demanda turística e sistematização das informações para gerar planos de ação. Identificamos o que já tem no município, quais atividades podem ser viáveis para gerar renda e emprego de modo que essas atividades sejam sustentáveis e de acordo com os anseios das comunidades locais”, explica.

Os dados são coletados com os turistas e empreendedores da área. “Fizemos pesquisas com turistas, uma pesquisa online e foram deixados alguns questionários em lugares que recebem turista para que ele pudesse preencher essa pesquisa. Também foi feita a coleta de dados com empreendimentos envolvidos com o turismo no município”, conta Valdirene Böger Dorigon.

 

Confira as datas, locais e comunidades envolvidas:

 

Dia: 5 de fevereiro (quarta-feira)

Hora: 19h30min

Local: Salão da Igreja da Comunidade de Brusque do Sul.

Comunidades: Brusque do Sul, Chapadão, Morro da Palha, Três Barras, Curral Falso, Rio Minador, Boa Vista, Rio Hipólito, Rio Capivaras Alta, Ponte Preta, Rio Laranjeiras, Rio Capivaras Baixa.

 

Dia: 6 de fevereiro (quinta-feira)

Hora: 19h30min

Local: Centro de Vivência do Museu ao Ar Livre Princesa Isabel, anexo ao Unibave.

Bairros de Orleans e as comunidades de Taipa, Serraria, Rio Belo, Rio Novo, Oratório, Sesmaria, Palmeira Alta, Tirão Comprido, Pindotiba, Santa Clara.


Leave a Comment