terça-feira, janeiro 26Diário online de Braço do Norte

Padre Anselmo é Cidadão Honorário de São Ludgero

Título foi entregue na segunda-feira, durante sessão da Câmara

A Câmara de Vereadores, através de um Projeto de Decreto Legislativo, entregou ao padre Anselmo Buss o título de Cidadão Honorário do Município de São Ludgero. O ato aconteceu durante a sessão na última segunda-feira, 14 de dezembro, quando o religioso recebeu seu diploma e assistiu um vídeo em sua homenagem.


Em sua fala, emocionado com o reconhecimento, padre Anselmo disse que sempre teve grande carinho pela cidade. “Sempre amei São Ludgero. Tenho certeza, mais do que a terra São Ludgero, eu amo o povo, as pessoas”, ressaltou.

Religioso recebeu seu diploma e assistiu um vídeo em sua homenagem


O reconhecimento ao padre se deve pelos inúmeros serviços prestados pelo líder religioso ao município. “Imbuído de carismas e de dons, firme nos propósitos religiosos, líder nato, dedicado, dinâmico nas suas ações, ele exerce a atividade paroquial de maneira participativa e efetiva”, justifica a homenagem a presidente em exercício da Câmara de Vereadores, Maria Marlene Schlickmann.

Sua trajetória

Padre Anselmo Buss nasceu em Rio Fortuna em 24 de outubro de 1955. Filho de Roberto João Buss e Lúcia Ottersbach, revela que o chamado para a vida consagrada iniciou com seus estudos na quinta série do ensino fundamental, em 1969, no Seminário de São Ludgero.


“Em meu coração pulsava um profundo desejo do ministério sacerdotal. Aqui se traçou o meu caminho, diante do chamado à vida consagrada”, confessa o religioso. A vocação se aperfeiçoava de maneira rápida e muito intensa.


De 1970 a 1975, estudou no Seminário Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Tubarão e, nesse período, padre Anselmo trabalhava no Hospital Nossa Senhora da Conceição. Em 1978, graduou-se em Filosofia, pela Unisul e, em 1982, termina a sua graduação em Teologia, pelo ITESC (Instituto Teológico de Santa Catarina), em Florianópolis.


Padre Anselmo Buss foi ordenado diácono em 8 de novembro de 1981, na Catedral Diocesana de Tubarão. Sua ordenação como sacerdote, aconteceu em 25 de julho de 1982, na Paróquia São Marcos, no município de Rio Fortuna. Na mesma data recebeu também a provisão como vigário paroquial na Paróquia de São José Operário, do Bairro Oficinas, em Tubarão.


Ainda em 1982, em 27 de novembro, Padre Anselmo foi nomeado vigário da Paróquia de São Ludgero. Em 1987, Padre Anselmo foi nomeado pároco de São Ludgero. Com espírito de liderança, carisma e muita fé, Padre Anselmo trás renovação e fortalecimento para a paróquia de São Ludgero, permanecendo à frente da paróquia até o ano de 1993, quando foi transferido para Tubarão, assumindo a função de ecônomo do Seminário Nossa Senhora de Fátima. Em fevereiro de 1999, Padre Anselmo é nomeado vigário paroquial de Oficinas e, também, responsável pela Casa de Encontros Dom Anselmo (CEDA), em Tubarão.


No dia 3 de outubro de 1999, padre Anselmo assume como primeiro pároco da Paróquia São Francisco de Assis, no Bairro Monte Castelo, em Tubarão. Em 2004, assume a função de ecônomo da Diocese de Tubarão e, em 2011, e é nomeado pároco da Paróquia Nossa Senhora da Piedade, também em Tubarão. Foi em 3 de fevereiro de 2019, que padre Anselmo foi novamente nomeado Pároco de São Ludgero, onde permanece até hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale