terça-feira, março 9Diário online de Braço do Norte
Fernando Freitas | fernando@folhadovale.com.br

Pacto Global da ONU

E com as notícias mais fresquinhas da semana temos o nosso colunista Fernando Freitas

Pouco comentado, mas muito marcante o primeiro ato do prefeito eleito de Gravatal, Clei Rodrigues (PP), após cerimônia de posse, no dia 1º de janeiro. Ele assinou um ofício encaminhado ao secretário-Geral das Organização das Nações Unidas, António Guterres, em que firma compromisso entre o município e o Programa Cidades do Pacto Global da ONU (Organização das Nações Unidas). Em Santa Catarina, somente três municípios fazem parte do pacto. Gravatal é o primeiro a tomar a inciativa, logo no início da nova gestão 2021/2024. Instituições, que fazem parte do Pacto, se dispõe a fazer negócios com responsabilidade, alinhando suas estratégias e operações com os 10 Princípios do Pacto Global da ONU sobre direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção. Além disso, se comprometem em realizar esforços para alcançar os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Roteiro

Prefeito Beto Marcelino (PSD) antecipou suas férias, que estavam programadas para fevereiro. Ele iniciou ontem, quinta-feira, o período de 10 dias afastado. Na próxima segunda-feira começa um roteiro, ao lado do chefe de Gabinete Ramon Beza, onde pretendem visitar, até a próxima quinta-feira, lideranças de seu partido na Amurel. Ele retorna ao comando do município no dia 1º de fevereiro. O objetivo é a troca de experiências e fortalecimento do seu nome regionalmente.

Roteiro 2

Ser reeleito com o maior índice de aprovação entre todos os prefeitos do PSD no Estado colocou o nome de Marcelino em evidência. Somente este mês já recebeu em seu gabinete a visita de quatro vereadores de diversos municípios do Sul do Estado. Boa parte destes políticos conheciam Beto apenas pela ‘fama’, espalhada pela imprensa e pelas redes sociais.

Em números

O prefeito Beto Marcelino comemorou há poucos dias o fato de ter ultrapassado a marca de 10 mil seguidores no Instagram, rede social em que mais está ativo. Para se ter uma ideia do que este número representa dentro do PSD, o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Julio Garcia, tem menos de 8 mil seguidores e o deputado federal Ricardo Guidi, 11 mil. O ex-governador Raimundo Colombo, tem 15 mil seguidores. Já o pré-candidato a governador Napoleão Bernardes, tem 22 mil. Todos utilizam com frequência a rede.

A vez dos notebooks

Os notebooks dominaram as vendas de eletroeletrônicos em 2020, por conta da pandemia, incluindo máquinas mais caras e robustas. O salto na demanda levou fabricantes a aumentar e reorganizar a produção no país, abrindo mais espaço para fabricar notebooks em detrimento de máquinas corporativas ou mesmo smartphones. Dados da consultoria GfK mostram que a participação dos notebooks, que partem de R$ 6 mil nas vendas totais desse tipo de computador, subiu de 1,7% em 2019 para 4,2% em 2020. A maior participação em faturamento no setor ainda é concentrada em máquinas de R$ 2 mil a R$ 4 mil, que representaram 65% das vendas em 2020.

Confiança

Em pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) em dezembro 2020, a confiança industrial catarinense atingiu 67 pontos, de um total de 100. Isso mostra que o empresário está com boa expectativa para o ano de 2021, comemora o presidente da Acivale, Evaldo Niehues Junior. Ele ainda analisa o cenário em relação ao crédito. Considerando uma Selic no menor nível da história, bem como reflexo da pandemia na economia, a demanda por recursos deve aumentar. Cabe às instituições financeiras o papel de liberar esse credito. Segundo a Febraban, espera-se um avanço de até 7% na concessão de credito em relação ao ano passado.

Nova CPMF (1)

A proximidade das eleições para o comando da Câmara e do Senado, marcadas para 1º de fevereiro, recolocou de novo a proposta de criação de um tributo sobre transações financeiras, nos moldes da antiga CPMF, na agenda da equipe econômica. Desta vez, com uma alíquota mais baixa. A expectativa é grande porque o candidato apoiado pelo Palácio do Planalto na Câmara, o deputado Arthur Lira (PP-AL), que até agora aparece à frente das intenções de voto, já se manifestou no ano passado favorável ao tributo, com a condicionante de que fosse aprovado com uma alíquota menor.

Nova CPMF (1)

Nos últimos dois anos, a proposta já entrou e saiu diversas vezes da agenda do governo, mas a avaliação da equipe econômica é que o cenário do mercado de trabalho pós-pandemia vai abrir o caminho para que ela ganhe força. Isso porque a promessa é que o novo tributo, que seria cobrado de todas as transações, poderá compensar uma redução nos encargos cobrados das empresas sobre os salários dos funcionários. Na teoria, a redução estimularia a abertura de mais vagas de trabalho, com custo menor. O ministro da Economia, Paulo Guedes, deu sinais, nas últimas duas semanas, que pode voltar com a proposta após as eleições do Congresso.

Quer ser avisado quando uma matéria for publicada? Entre no nosso grupo do WhatsApp. https://chat.whatsapp.com/Csw5NcGHVIz4x8jTroWli5

Ou no Telegram https://t.me/joinchat/FIm3FnpEgnuzK2oP

Os desafios de 21

A pandemia do novo coronavírus ainda não acabou. Os severos impactos na economia mundial e na rotina de milhares de pessoas serão sentidos por muito tempo. Apesar das mudanças e incertezas, o empresariado brasileiro não se deixou abater e aprendeu a inovar. Assim, diferente do que muitos imaginam, há forte otimismo para 2021. De acordo com o presidente da Associação Empresarial do Vale de Braço do Norte (Acivale), Evaldo Niehues Junior, existem três principais desafios para este ano: geração de empregos, oferta de

crédito para os empresários e consolidação fiscal no que diz respeito às reformas (a nível nacional).“Acreditamos que 2021 será um ano de crescimento da economia como um todo. Existe um consenso no mercado mostrando perspectiva de crescimento do PIB Brasileiro em torno de 3%. Santa Catarina deve ter um crescimento acima dessa média, pois tem uma cultura empreendedora e uma indústria muito bem diversificada, exportadora, e que produz bens com valor agregado”, acredita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale