terça-feira, janeiro 26Diário online de Braço do Norte

Outubro Rosa alerta mulheres

05 de outubro de 2018

Rede Feminina de Combate ao Câncer, que atende o ano todo, intensifica as ações durante este mês

 

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. Ele não tem uma causa única. São vários fatores que podem aumentar o risco de desenvolver a doença, como fatores endócrinos/história reprodutiva, fatores comportamentais/ambientais e fatores genéticos/hereditários.

Mulheres mais velhas, sobretudo a partir dos 50 anos, são mais propensas a desenvolver a doença, mas isso tem mudado. Houve um aumento na incidência de câncer de mama em mulheres jovens na última década. Em mulheres com menos de 35 anos, a incidência no Brasil hoje está entre 4% e 5% dos casos

Com a chegada do mês de outubro, várias iniciativas de conscientização relacionadas ao câncer de mama aparecem no cenário local, nacional e internacional. São ações realizadas tanto por meios privados como públicos, e podem vir de pequenos grupos, instituições, organizações, associações e órgãos. Esse movimento ficou conhecido como Outubro Rosa e tem por objetivo o reforço da campanha contra o câncer de mama e o incentivo para o exame de toque e a prevenção da doença.

Entre as atividades estão rodas de conversa, palestras, programas educativos, reuniões e eventos, todos em prol de acolher, informar e conscientizar as mulheres da importância e atenção que devem dar ao tema.

Em Braço do Norte, as ações já iniciaram em setembro e seguem durante todo este mês. Para falar sobre estas ações, o Café da Folha desta semana recebeu a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Maristela da Cunha Cardoso.

 

Quais são as ações previstas para este Outubro Rosa?

Maristela – As atividades já iniciaram no dia 20 de setembro. Realizamos, no Pesque e Pague Bogert, um curso de capacitação para as agentes comunitárias de Braço do Norte, Grão-Pará, Rio Fortuna, Santa Rosa de Lima, São Ludgero, Santa Rosa de Lima, Gravatal, Armazém, São Martinho e Orleans. O evento foi realizado pela AMUCC, contou com apoio da Secretaria de Saúde de Braço do Norte, e teve a organização nossa da Rede Feminina. O evento, que contou com a presença de cerca de 240 pessoas, teve também a participação do doutor Emir, que falou sobre o câncer, em geral. Além disso, desde agosto estamos promovendo palestras nas empresas da região. No dia 29 de setembro, participamos, ao lado do doutor Rodrigo de Jesus Lenhart, do programa O Entrevistão, da Verde Vale. No dia 30 realizamos o Café das Debutantes, que foi um evento muito importante, com a presença de mais de 400 pessoas. Já no dia 02 aconteceu uma palestra, com o doutor Emir e duas voluntárias da Rede – Marilda e a Marli – na Casa Familiar Rural de Armazém. E ontem, dia 04, realizamos uma capacitação com os funcionários do Nasf, aqui de Braço do Norte. Foi uma palestra com a Marilda que tinha o objetivo de passar informações para que os servidores do Nasf possam informar a população.

O mês nem bem começou e várias ações foram realizadas. Quais serão as próximas?

Maristela – Nesta sexta-feira, 05, vamos realizar o Dia D em Santa Rosa de Lima. Será realizada a coleta de exame Papanicolau e estaremos lá com duas enfermeiras e duas voluntárias. No dia 17 acontecerá uma palestra em Armazém, com a presença do doutor Rodrigo que vai falar sobre câncer de mama e do colo do útero. No dia 22 de outubro, em parceria com a Weber Empreendimentos, vamos realizar no auditório da Unisul, uma palestra para mulheres, também com o doutor Rodrigo. Já no dia 25, na Associação da Cerbranorte, numa parceria com a Corretora Uliano, vamos ter duas palestras – uma com o Lourenir Nascimento o “Hiko”  e outra com Adriana Marcondes. No dia 27 acontece a Caminhada e Pedalada Rosa, em parceria com a Bike Brother e a Ito Bike. A programação segue no dia 28 com a Missa em Ação de graças, às 19h, na Igreja Matriz de Braço do Norte. No dia 29 ainda vamos realizar, em parceria com a Acivale Mulher, uma palestra no bairro Rio Bonito.

 

Como está a procura das mulheres pelos atendimentos da rede neste mês?

Maristela – Está sendo bem grande. Para ter uma ideia, os agendamentos das mamografias já estão sendo para novembro. Estamos vendo para conseguir mais algumas, inclusive o Secretário de Saúde, Sergio Arent está nos ajudando nisso.

 

Quais os horários de atendimentos da Rede em Braço do Norte?

Maristela – Atendemos às terças das 07h às 11h e das 12h às 19h. Segundas, quartas e quintas-feiras o atendimento é das 12 às 18h.

 

Apesar de toda as informações disponíveis, cresce o número de incidência de câncer e doenças que poderiam ser evitadas?

Maristela – Cresce. No caso do câncer, não é que pode ser evitado, mas pode ser diagnosticado precocemente, tendo assim grandes chances de cura. Para ter uma ideia, as estimativas mostram que ate 2020, uma em cada oito mulheres terá câncer de mama. Por isso a importância do autoexame. Já uma doença que pode ser evitada e que é muito grande a incidência é o HPV. A vacina para os pré-adolescentes está disponível na rede pública, mas é baixa, ainda, a adesão. Já para as maiores de idade podem se vacinar em clínicas particulares. É muito importante esta imunização.

 

Hoje a Rede conta com a participação de quantas pessoas? Como ela funciona?

Maristela – Temos hoje 37 mulheres voluntárias que estão participando efetivamente da Rede. Além disso, temos uma secretária, a Carol, uma enfermeira, a Eliziane. Um médico voluntário, que é o doutor Rodrigo e um ginecologista, que é o doutor Paulo. São mais duas servidoras cedidas pela prefeitura: a Izolete, que é serviços gerais, e a Dida, que é técnica em enfermagem. Temos algumas frentes de trabalho. Uma de educação e palestras, que é coordenada pela Marilda. A gente das Mastectomizadas, coordenada pela Valdete. A de Artesanato, coordenada pela Maria de Souza. A Social que tem a Cícera Margot à frente. A religiosa que tem como responsável a Ivonete e a Marli coordena as 37 voluntárias que se doam para que tudo vire realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale