quarta-feira, janeiro 27Diário online de Braço do Norte

Comportamento

A importância da ‘casa de vó’
Aline Patel Tramontin, Colunas, Comportamento

A importância da ‘casa de vó’

E com as melhores dicas comportamentais temos Theo e Eu a colunista Aline Patel Tramontin “Feliz daqueles que, assim como eu, tiveram casa de vó”. Vi esta frase no Instagram de uma amiga e me fez refletir muito. Não quero resumir apenas aos avós, os pais dos nossos pais, mas a todos que de um modo ou de outro ocupam a figura de avô/avó. Seja aquela tia sempre presente, seja aquela amiga da família de anos. Minhas primeiras lembranças são na casa de meus avós. Eu me considero uma pessoa super sortuda! Meu arranjo familiar já é de família moderna. Tenho três avôs e avós. E, para minha alegria, cheia de tias e tios. Só tenho a agradecer por este formato familiar e pelo modo que meus avós conduziram nossa história. Você deve estar se perguntando: Como assim três avós? Oras, m...
A importância de não obrigar a criança a cumprimentar os outros
Aline Patel Tramontin, Colunas, Comportamento

A importância de não obrigar a criança a cumprimentar os outros

E em mais uma semana temos Theo e Eu com a colunista Aline Patel Tramontin Criança bem-educada é lindo de se ver! Chega em um ambiente, aperta a mão, dá beijinho, abraço apertado, responde ao que lhe é perguntado, é a alegria de todos a volta! Quem não gosta de receber um mimo daquele serzinho tão fofo? Porém, verdade seja dita, essa não é a realidade da grande maioria das crianças. E, sabe de algo? Está tudo bem!Desde pequena, eu sempre tive o costume de cumprimentar todo mundo. Minha mãe conta história de que era só me colocar na cadeirinha da bicicleta e lá ia eu dando “ooi” para todos que passassem! Cresci e continuei assim. Com o passar dos anos, mais reticente, seletiva, mas é de mim, gosto da troca de sorrisos. Do contato nem tanto. Dentro da minha família temos este costume. Qu...
“Mamãe, como o Arthur vai sair da sua barriga?”
Aline Patel Tramontin, Colunas, Comportamento

“Mamãe, como o Arthur vai sair da sua barriga?”

Coluna semanal do Theo e Eu na Folha do Vale. Com Aline Patel Tramontin Não raro ouvirmos das crianças questionamentos que não sabemos responder. Geralmente, essas dúvidas aparecem durante uma reunião de família, conversa com amigos, enfim, momentos em que estamos desprevenidos de respostas. Theo está passando por uma fase de super curiosidade. Tudo ele questiona. Famosa fase dos “porquês”. Porém, com Theo há outras variantes, tal como: para que serve isso? O que isso faz? como isso funciona?…Certo dia ele abriu uma das gavetas da cozinha e questionou a funcionalidade de todos os talheres. A gaveta era aquela dos talheres grandes. Concha de sopa, espátula de bolo, faca de pão, conjunto para servir peixe, salada, pegador de macarrão… e lá ia eu explicar um por um.Em um outro dia...
Futuro
Aline Patel Tramontin, Colunas, Comportamento

Futuro

Coluna de Aline Patel Tramontin Sábio aquele que dividiu o tempo em anos, dentro dele meses, semanas, dias… A todo término de ciclo, esperanças se renovam, planos são refeitos, o otimismo renasce. E assim deve ser. Falar de futuro após um ano tão cheio de surpresas negativas é difícil. Vários questionamentos aparecem em nossa mente: quantas mudanças já ocorreram nesses últimos meses? Quais ainda virão? Conseguiremos nos adaptar por mais quanto tempo? O que nos espera o futuro?Independente das respostas e crenças de cada um, algo certo é que o novo ano está para começar. E entre escolher suposições negativas ou acreditar num futuro melhor, devemos optar pelo último. Ensinar nossos filhos a viver com otimismo. Não me refiro a fechar os olhos para o que acontece. Mas, sim, ensiná-los ...
Viajar com filhos
Aline Patel Tramontin, Colunas, Comportamento

Viajar com filhos

Aline Patel Tramontin Viajar com filhos pequenos é desafiador, contudo gratificante. É necessário fazer planejamento e tomar alguns cuidados extras para garantir sossego durante a viagem. E, claro, não esquecer do bom-humor. O final do ano está aí e, mesmo com a loucura do momento que vivemos, os pequenos passeios serão mais frequentes. Preparei um material para reforçar alguns pontos que, se esquecidos, podem transformar o programa em família no maior perrengue. Seguindo os protocolos de higiene e segurança, Henrique e eu resolvemos fazer um passeio com Theo. O objetivo era leva-lo ao Beto Carrero, Penha (SC). Mostrar a ele o Aquário e Roda Gigante de Balneário Camboriú. E, já que iríamos passar por Florianópolis, resolvi entrar na Capital para passear no hotel que adoro, levando o...
Mamãe, meu pinto tá duro!
Aline Patel Tramontin, Colunas, Comportamento

Mamãe, meu pinto tá duro!

Coluna de Aline Patel Por volta dos 3 anos, Theo começou a notar que algo diferente ocorria em seu corpo e veio me mostrar. Chegou com o pênis para fora da cueca e disse: “Olha, mãe! Meu pinto tá duro!”. No primeiro momento, achei uma graça a situação. Eu, mãe de primeira viagem, em uma situação totalmente nova, desprevenida, sem saber o que responder, Emendei: “Não tem problema! Já vai passar! Pode colocar dentro da cueca que ele já vai ficar mole de novo!”. Sem saber se estava agindo certo ou não, falei por impulso. Logo compreendi que o que ele buscava era uma explicação para o que estava acontecendo em seu corpo. Ereção infantil A ereção infantil é um arco reflexo até os 7, 8, 9 anos de idade. Para melhor explicar, o pediatra Tadeu Fernandes expõe a situação da seguinte forma...
Mãe na real
Aline Patel Tramontin

Mãe na real

Nesta semana, tive um encontro com algumas amigas. O número de mães do grupo vem aumentando e, consequentemente, vem a troca de experiências. Um assunto que tem conquistado nossas rodas é a romantização da maternidade seguido do medo de não dar conta da tarefa de ser mãe. Com o distanciamento do mundo real e a aproximação da utópica vida do Instagram, cada vez mais a comparação tem se tornado inevitável. Não raro vemos lindas cenas de ensaios de gestantes, mães apenas de lingerie, aquele sorrisão com aquele barrigão perfeito. O pai presente, e, se já tiverem filhos, eles também estão lá. Após essa fase, vem o newborn – fotos do recém-nascido, geralmente em torno dos dez dias. E, após, as fotos mensais até completar um ano. Para terminar o primeiro ano, um festão de aniversário. Claro, ...
Aventuras do Theo
Aline Patel Tramontin, Colunas

Aventuras do Theo

Coluna de Aline Patel Tramontin Em um dia qualquer desta semana, após um dia exaustivo de trabalho, saí do escritório do meu marido e fui direto para a escola do Theo. Peguei ele e fomos para casa. Ao chegar em casa, preparei um lanchinho, deixei ele à mesa e fui para o sofá. Selecionei no Netflix “O gambito da Rainha” e fiquei. Após terminar o lanche, Theo veio até mim, resmungou algo. Questionei se continuava com fome. Não era isso. Notei que o que ele queria era atenção. Eu não estava com forças nem disposição de encarar brincadeiras com ele. Insisti para que pegasse sozinho sua caixa de brinquedos, a qual fica em seu quarto e a trouxesse para sala. Passado algum tempo, ele não retornou. Chamei, não respondeu. Meu coração disparou, e aquele pensamento que dura um segundo me a...
Memórias de Natal
Aline Patel Tramontin, Colunas

Memórias de Natal

Coluna de Aline Patel Tramontin No tempo que era criança, sabia que o Natal estava próximo quando sentia o cheiro de bolacha na casa de minha avó. Momento que minha mãe e ela se reuniam logo de manhã cedo. A cozinha utilizada era a dos fundos da casa. Na mesa grande preparavam a massa. Abriam a massa com o rolo e utilizavam as mais variadas formas de fôrmas para cortá-la. Lembro de anjos, corações, bengalinhas, botas, flores e estrelas. No final da manhã eu chegava da escola e já havia bacias cheias dessas bolachas. Se eu fechar bem forte meus olhos posso ver a cena da correria: esticar a massa, cortar em formas, colocar nas fôrmas e depois forno. Entre as fornadas; muita atenção para não queimar! Sempre saía uma leva condenada… CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES ...
Uma decisão difícil
Aline Patel Tramontin, Colunas

Uma decisão difícil

Coluna de Aline Patel Tramontin A pandemia continua, porém, a escola que meu filho frequenta, com todo o cuidado que o momento exige, retornou às atividades nesta semana. Após todos esses meses junto dele bateu aquela insegurança/sentimento de culpa sobre a real necessidade de retornar. Será que vai chorar muito?; não seria melhor ficar com ele até o final do ano?; agora que tenho a oportunidade de ficar com ele, será certo enviar à escolinha; não estarei eu desencadeando um sentimento de abandono? CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Folha do Vale