segunda-feira, janeiro 25Diário online de Braço do Norte

Na região, candidatos têm perfis parecidos

Ocenário eleitoral nas cidades do Vale do Braço do Norte está definido. Com o fim do prazo para o registro de candidaturas e o início da propaganda, os candidatos começam a mostrar suas propostas para o público.
O perfil dos candidatos a prefeito e vice traduz a sociedade regional e estadual: a maioria dos postulantes é homem, branco e casado. Um dos pontos que chama a atenção é que o grau de instrução médio subiu em comparação com os pleitos municipais anteriores.
Neste 2020, sete dos 14 candidatos registrados no Vale e em Gravatal possui ensino superior completo. Isso mostra que tanto partidos quanto eleitores querem pessoas melhores capacitadas para os cargos de chefia de suas cidades.
Outro ponto que não foge à regra estadual e brasileira é que, dos 14 candidatos à majoritária, apenas uma é mulher. A auxiliar de escritório Janna Gabriella Gonçalves Alves Ribeiro é casada, tem 25 anos e é filiada ao Partido Progressista de São Ludgero. Ela é a vice-prefeita na chapa encabeçada pelo também progressista Lucas Peters.
A declaração de bens, item obrigatório para quem é candidato, trouxe o ex-prefeito de Gravatal e atual candidato pelo MDB, Rudinei Carlos do Amaral Fernandes, o “Nei”, como o “mais pobre” entre os postulantes. Ele garante que não tem nenhum bem a declarar à Justiça Eleitoral.
O candidato com mais poses também é da Cidade da Água Termal. O petista Constantino declarou um patrimônio líquido de quase R$ 6 milhões.
Ao todo, 53.707 eleitores estão aptos de irem às urnas em Braço do Norte, Grão-Pará, Rio Fortuna, São Ludgero, Santa Rosa de Lima e Gravatal no dia 15 de novembro. No Vale, em todas as cidades dois grupos políticos polarizam a disputa nas eleições majoritárias.
Em Gravatal, cujo número de eleitores aptos é de 8.826 pessoas, quatro grupos dividem a atenção dos votantes. Outro ponto interessante em relação ao perfil dos eleitores é que em três cidades (Braço do Norte, Gravatal e São Ludgero), a maioria dos eleitores é mulher.
Em toda Santa Catarina, estão registrados até o momento, 912 candidatos para prefeito, 914 para vice e 19.676 para vereador. O partido com maior número de candidatos no estado é o MDB, com 3.476 postulantes. Na sequência estão PP (2.628), PL (2.134), PSD (2.130), PSDB (1.829), PT (1.443) e PSL (1.307).

Propaganda eleitoral já começou

Desde o último domingo, 27 de setembro, os postulantes aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador estão liberados para pedir votos e divulgar propostas nas ruas, na internet e na imprensa escrita.
Já a propaganda gratuita em rádio e televisão do primeiro turno – marcado para 15 de novembro – será veiculada de 9 de outubro a 12 de novembro.
No ambiente virtual, em plena pandemia do novo coronavírus, quando a Internet ganha cada vez mais importância, a publicidade eleitoral poderá ser feita nos sites dos partidos e dos candidatos, em blogs, postagens em redes sociais e aplicativos de mensagens, como WhatsApp e Telegram.
Já os impulsionamentos de publicações feitas por terceiros, o disparo em massa de mensagens e a propaganda em sites de quaisquer empresas, organizações sociais e órgãos públicos, estão proibidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale