sexta-feira, janeiro 15Diário online de Braço do Norte

Mimimi

Coluna de Fernando Sombrio

Sempre que se fala que algum vereador vai assumir alguma Secretaria, existe uma parcela de pessoas que condena essa atitude, onde começa o “mimimi”, pois o vereador foi eleito para legislar. Quando existe a intenção de fiscalizar intensamente, um vereador eleito por oposição, até concordo! Mas, prefiro mil vezes que o vereador o qual votei seja secretário, pois ele executa, simples assim. Se ele tem a “caneta” na mão, não precisa pedir o tempo todo para ser atendido. Se um vereador eleito for um bom secretário, onde precisa ter comando e a responsabilidade de fazer acontecer o sucesso da gestão, ele com certeza será um ótimo representante do povo e mereceu ser eleito. Vou citar o exemplo do Paulinho Lorenzetti .

Foi o vereador mais votado, mas muitos agricultores o querem de novo na Secretaria de Agricultura, pelo bom trabalho prestado, inclusive sua expressiva votação é reflexo desse trabalho como secretário. Então não vejo problema algum, acho que é questão de evoluir!

Despedida

O Para alguns vereadores essa semana ficou marcada como uma despedida ou um até breve na carreira política. Na sessão de segunda-feira, o vereador Lucas Peters disse que sai de cabeça erguida e agradeceu os mais de 3 mil votos que recebeu na candidatura a prefeito. Reforçou que vai continuar ajudando a população do seu jeito, desejou bom trabalho aos que permanecem no legislativo e também ao prefeito e vice eleitos. Já Benicio Warmeling, também se despede da Câmara, mas para assumir a função de vice-prefeito, que em São Ludgero é marcada por trabalhar ao lado do prefeito e não somente quando acionado em caso de necessidade. Benicio parabenizou Lucas pela candidatura e agradeceu a oportunidade de ter sido vereador. Laudi da Silva, o “Chero”, também se despede e afirma que vai continuar ajudando o povo e estará presente na política. Chero é o primeiro suplente do MDB e convenhamos, só não assume se não quiser. Mas o vereador está contente com a aprovação do Parque Industrial, o qual vem batendo na tecla durante alguns anos.

Minha cadeira de verdade

Enquanto alguns se despedem do Legislativo, Adriano Becker, que é suplente de vereador, agradece a oportunidade de ter ficado por três anos na Casa e também por ter sido eleito na última eleição, agora sendo o titular da cadeira e isso tem uma grande diferença, pois fica registrado na legislatura e pode inclusive concorrer a vaga de presidente. Tendo em vista que Adriano ficou praticamente toda legislatura como vereador, é que comento, que se o Chero souber articular, pode retornar ao Legislativo, porém tem mais gente na “fila” merecendo também uma oportunidade, vamos aguardar para ver!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale