sábado, janeiro 16Diário online de Braço do Norte

Júlio Garcia enaltece o trabalho do Parlamento

Presidente do Legislativo estadual avaliou o ano de 2020 e anunciou a devolução de R$ 113 milhões ao Executivo 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Julio Garcia (PSD), autorizou o repasse de mais R$ 113 milhões de recursos do Legislativo para o Executivo, fruto das economias do Parlamento catarinense neste ano. Ao todo, em 2020, a Alesc doou quase R$ 180 milhões para o Executivo.

GARCIA: Resolvemos sempre na base do diálogo

Além dos R$ 113 milhões anunciados nesta quinta, foram doados, no decorrer do ano, R$ 20 milhões para o enfrentamento da Covid-19, R$ 2 milhões para o auxílio emergencial ao setor cultural, R$ 30 milhões para a recuperação dos estragos do ciclone bomba e R$ 15 milhões para ações de combate à estiagem.

Mesmo com os desafios impostos pela pandemia da Covid-19, Julio Garcia em entrevista coletiva na manhã da quinta-feira, 17 de dezembro, classificou 2020 como “extremamente positivo, apesar de ser um ano atípico” para a Assembleia. Além da economia e do repasse de recursos para o Executivo, a produtividade legislativa aumentou quase 25%: foram mais de 900 projetos aprovados nesse ano, ante 743 de 2019.

O presidente também destacou o protagonismo da Alesc, a exemplo do que ocorreu em 2019. Se no ano passado o Parlamento teve atuação decisiva na questão dos benefícios fiscais, neste ano o tema principal foi o enfrentamento da pandemia. Além do repasse imediato de R$ 20 milhões para o combate ao Covid-19, em março, os deputados aprovaram várias matérias que possibilitaram ao Estado combater o coronavírus.

Julio Garcia afirmou que os trabalhos no Legislativo, mesmo com as dificuldades do ano, ocorreram de forma harmônica. Citou que já há entendimento para a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2021-2023, o que demonstra a unidade do Parlamento.

“Resolvemos sempre na base do diálogo”, disse. “Não que a disputa não seja salutar, mas ela deixa sequelas, pode dividir o Parlamento. Apesar de todas as turbulências do ano, vivemos em clima de harmonia.”

Impeachment e relação com o governo

O presidente da Alesc classificou os processos de impeachment que tramitaram neste ano como “um momento de dificuldade, que já foi superado”. Para ele, a falta de conhecimento político do governo contribuiu para a tentativa de impedimento do governador Carlos Moisés.

A indicação de Eron Giordani, que era servidor do Parlamento, para a Casa Civil do Executivo, foi uma contribuição do Legislativo ao governo, na avaliação de Julio Garcia. “Cedemos ao governo um dos nossos quadros mais capacitados, mais preparados”, comentou. “Estamos em uma relação harmônica e salutar que veio para ficar”.

Para Garcia a falta de conhecimento político do governo contribuiu para a tentativa de impedimento do governador Carlos Moisés

Apesar dos processos de impeachment, o parlamentar considera que não houve prejuízos para o Estado. “A Alesc não parou seus trabalhos. O governo teve todos os seus projetos apreciados, o impeachment tramitou de forma paralela”, comentou.

Julio Garcia citou que, mesmo com a crise política e os impactos da Covid-19, a arrecadação do Estado cresceu em 2020, “fruto da sociedade que nós temos. Se o governo não atrapalhar, o estado vai muito bem”.

Presidente apresenta ações à frente da administração da Alesc

Durante a entrevista coletiva, o presidente da Alesc, deputado Julio Garcia, também apresentou um balanço das principais ações administrativas adotadas nos dois anos em que está à frente da chefia do Legislativo estadual.  O deputado deixa a presidência da Casa no próximo dia 31 de janeiro.


Segundo ele, as medidas administrativas, entre elas a revisão de contratos, resultaram em uma economia de R$ 1,230 milhão ao ano. Só no fornecimento de mão de obra terceirizada, por exemplo, houve uma redução de quase 25% no valor total do contrato, mesmo com o aumento no número de funcionários (de 277, no contrato anterior, para os atuais 299). Na locação de veículos, a economia foi ainda maior: redução de 31% na comparação com os valores anteriores.

Deputado deixa a presidência da Casa no próximo dia 31 de janeiro

Garcia também elencou investimentos iniciados em sua gestão que vão resultar em economia de recursos no futuro. É o caso do Projeto Alesc Sustentável, que implicará em redução de mais de 50% no consumo de água nas dependências do Palácio Barriga Verde devido à adoção de um sistema de reaproveitamento da água da chuva, que será inaugurado no mês que vem, entre outras ações, voltadas também à preservação do meio ambiente.
A instalação de painéis fotovoltaicos para a geração de energia solar também é outra ação do Projeto Alesc Sustentável. A expectativa é que, quando em funcionamento, os painéis produzam cerca de 20% da energia consumida no Palácio Barriga Verde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale