Inicia a vacinação contra gripe

Complexo Médico Médico Pró-Vida também oferece a imunização aos clientes

O Ministério da Saúde inicia hoje, dia 23, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Em decorrência da pandemia de Coronavírus, houve antecipação na imunização e direcionamento inicial para idosos (acima de 60 anos) e trabalhadores da área de saúde.

Conforme as orientações do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a vacinação contra a Influenza ajuda a diferenciar entre os casos de gripe e de Covid-19.

“Antecipamos a campanha porque a vacina contra a gripe que dá cobertura e deixa o sistema imunológico 80% protegido contra cepas do vírus influenza, milhares de vezes mais comuns que o coronavírus. Se a pessoa avisa que foi vacinada contra a gripe, auxiliará no raciocínio profissional, para o médico, pensar em outros vírus por trás de uma doença”, afirmou o ministro.

A segunda etapa da campanha será no dia 16 de abril, com aplicação da vacina aos portadores de doenças crônicas, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento. Na terceira e última fase, que está marcada, até este momento, para começar no dia 9 de maio, atenderá crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas de 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (com até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e a população carcerária.

A vacina a ser distribuída gratuitamente a população pelo Sistema Único de Saúde é composta por vírus inativo, é trivalente (com três cepas) e protege contra três vírus (A/Brisbane/02/2018 (H1N1) pdm09 like-virus, A/South Australia/34/2019 (H3N2) e o B/Washington/02/2019 like-virus) que mais circularam no hemisfério sul em 2019, sendo o Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

Vacinação na rede privada

Para os demais brasileiros sem contraindicação, mesmo fora do público-alvo, a orientação é também a vacinação contra a gripe, que pode ser adquirida na rede privada.

“A atividade de vacinação do Complexo Médico Pró-Vida é realizada no bloco C, das 8 às 21 horas, diariamente, sem fechar aos domingos e feriados.  A vacina é a quadrivante ou tetravalente. Imuniza com quatro cepas ou seja, além das 3 da trivalente, ela traz proteção contra mais um vírus, o B/Phuket 3073/2013 (H3N2)-like vírus. Destacamos também que possuímos planos específicos de atendimento e circulação de pessoas, assim como, realizamos medidas efetivas de profilaxia, com equipe habilitada e treinada e que todos os cuidados são realizados para segurança dos clientes”, informa coordenadora da Central de Vacinas da Pró-Vida, Maysa Fontana.


Leave a Comment