quarta-feira, janeiro 27Diário online de Braço do Norte

Incêndio no morro

Coluna de Fernando Freitas

Chamou a atenção nesta semana a ocorrência de um incêndio no Morro Seco, em Gravatal. A área, onde predomina vegetação nativa, queimou por mais de uma semana. O Corpo de Bombeiros de Armazém esteve no local. Encontrou dificuldades para conter as chamas, pois é bastante íngreme e de difícil acesso. Por sorte, o fogo não ofereceu maiores perigos, com pouca probabilidade de danos a algum patrimônio ou risco à integridade de pessoas. Segundo os bombeiros, diante da difícil de acesso e menor perigo, a melhor estratégia de ação foi monitorar o fogo e esperar que fosse extinto pela chuva que caiu na última quarta-feira. Infelizmente, incêndios deste tipo ocorrem com certa frequência quando o clima está mais seco, como nas últimas semanas. Não é raro acontecer de alguém, quando for queimar um entulho ou uma área de reflorestamento, perder o controle e provocar a queima descontrolada.

Parque linear 1

A Prefeitura de Braço do Norte apresentou para os membros da Câmara Técnica do Meio Ambiente do Desenvolvimento Econômico Local (DEL) a proposta da transformação da Área de Proteção Ambiental (APP) às margens da cabeceira da nova Ponte da União em um parque linear. Na prática, seria a construção de uma pista para prática de caminhada e corrida em praticamente dois hectares de área às margens do Rio Braço do Norte. A proposta foi apresentada pelo chefe de Gabinete Ramon Beza e foi recebida com entusiasmo.

Parque linear 2

Segundo Beza, por ser um desmembramento de loteamento, a área verde não pode receber nenhuma edificação, porém pode ser adaptada, com a concordância dos proprietários, órgãos ambientais e municipalidade, para a transformação em uma área de lazer, como uma praça. O próximo passo, segundo o chefe de gabinete, é a realização de um levantamento da área e a confecção do projeto que pode receber ainda um pequeno trapiche para a prática de canoagem ou caiaque e mesmo um deck para observação do rio. Ramon Beza diz que uma preocupação será com a segurança, já que o fluxo de crianças será grande, então o parque deve ter, a princípio, uma área cercada com muretas de proteção.

Retomada

Santa Catarina segue firme na retomada econômica. Em junho, o volume de vendas do comércio varejista ampliado no estado cresceu 22,2% em relação a maio. O resultado é o melhor entre os estados do Sul e Sudeste e quase o dobro da média nacional (12,6%). Esse é segundo mês de crescimento expressivo do segmento em SC, após salto de 23,3% em maio. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada nesta quarta-feira, 12, pelo IBGE.
Na perspectiva de 12 meses, Santa Catarina é o segundo estado onde o varejo ampliado mais cresceu (6,1%), atrás apenas do Amapá (7,2%), enquanto a média nacional teve recuo de 1,3%. Além disso, na comparação com junho de 2019, Santa Catarina teve a maior alta do país, com salto de 24,6% no volume de vendas. No Brasil, foi registrada queda de 0,9% neste período.
Quando comparado com junho de 2019, os maiores destaques foram o crescimento de 23,4% das vendas dos super e hipermercados; de 33% do varejo de móveis e eletrodomésticos; de 51,5% das vendas de veículos, motos e peças, e de 18% das vendas de materiais de construção.

Adeus

Bancário aposentado e ex-vereador de Rio Fortuna, Mário Siebert, 66 anos, faleceu na madrugada desta quinta-feira. Siebert lutava há quase uma década contra o câncer. Ele foi presidente do Legislativo em 2001 e 2002. Também foi secretário municipal de 2009 a 2011. Seu corpo foi sepultado no final da tarde de ontem.

Sétimo

Advogados, um desembargador aposentado, profissionais liberais e empresários, totalizando 16 pessoas, apresentaram na Assembleia Legislativa mais um (o sétimo) pedido de impeachment do governador Carlos Moisés e da vice Daniela Reinehr.

De volta! 1

Uma amostra de asas de frango congeladas importadas do Brasil, apresentou resultado positivo para o novo coronavírus, segundo comunicado do governo chinês divulgado nesta quinta-feira. Em julho, a China encontrou vestígios de coronavírus em pacotes de camarão do Equador. No final de junho, a China suspendeu importações de três processadores brasileiros de carne, informou o Ministério da Agricultura, citando preocupações de Pequim em conter um novo surto da epidemia de Covid-19.

De volta! 2

Em nota na época, a pasta disse que o órgão chinês responsável pela área, a Administração Geral de Alfândega da China (GACC, na sigla em inglês) “solicitou recentemente informações sobre alguns estabelecimentos brasileiros que exportam para a China e que tiveram notícias divulgadas na imprensa do Brasil sobre casos da Covid-19 entre seus trabalhadores”. No início de julho, testes em massa revelaram um surto de infecções por coronavírus em fábricas operadas pelas processadoras de alimentos JBS e BRF no Centro-Oeste do país, com 1.075 empregados de uma fábrica de suínos da JBS testando positivo para Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale