domingo, janeiro 24Diário online de Braço do Norte

Impeachment

Voo do Mosca

Diferente do pensamento dos advogados de Moisés e Daniela, os internautas da Folha do Vale acreditam que o governador tem culta e deve sair. Foi o que apontou a pesquisa realizada no Instagram da Folha do Vale durante a semana passada. Apenas 30% acreditam que ele não tenha responsabilidade e deva ficar no cargo.

Impeachment 2

A Comissão Especial do Impeachment recebeu na tarde desta quarta-feira as defesas do governador Carlos Moisés da Silva (PSL), da vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido) e do secretário Jorge Eduardo Tasca na denúncia por crime de responsabilidade na concessão da equiparação salarial dos procuradores do Estado. A expectativa é concluir os trabalhos da comissão, com a análise da denúncia e das defesas e a apresentação do relatório, até o dia 15 de setembro. Os advogados de Moisés e Daniela manifestaram estar confiantes no arquivamento do processo. “É uma defesa tranquila, visto que a matéria, no seu mérito, resta muito claro a inexistência de qualquer prática ilegal por parte do governador”, afirmou Marcos Probst. “A vice-governadora não praticou ato doloso algum. Confiamos que o processo será muito bem conduzido pela Assembleia e sairemos daqui com uma decisão favorável à vice-governadora”, acrescentou a advogada Ana Cristina Blasi. A entrega da defesa dos denunciados encerra mais uma etapa do processo de impeachment. O próximo passo é a análise da denúncia e da defesa do governador, vice e secretário pela comissão, que vai elaborar parecer pelo recebimento ou arquivamento da denúncia.

Semana decisiva

Vilibaldo Michels, o “Vili” (PL), garante que já apertou a mão do ex-prefeito Amilton Ascari, o “Breca” (PSD), e devem formar uma dobradinha para a eleição municipal de Grão-Pará. Seria Breca na cabeça e Vili de vice. O PP, do atual vice-prefeito Miro Boneti, estaria bem próximo de acertar uma coligação com o MDB, do vereador Murilo Kulkamp Nilzen, que estaria na majoritária. Hélio Alberton Júnior, o “Helinho”, é o indicado pelo PP como candidato a prefeito e o vereador Murilo, como vice. A próxima semana será de definições e preparação para as convenções que devem ser finalizadas até 16 de setembro.

São Ludgero

O vereador Benício Warmeling, o “Nisso” (PL), será o candidato a vice-prefeito na coligação que terá o prefeito Ibaneis Lembeck, o “Iba” (MDB), como candidato a reeleição em São Ludgetro. O que era especulação foi confirmado semana passada e será oficializado na convenção dos dois partidos. Dia 12 a do PL e 15 de setembro, do MDB. Pela oposição, o vereador Lucas Peters (PP) monta sua chapa que deverá contar com o PSD como vice. O presidente do PSD, Edmilson Dalfemback, admite a proximidade com o PP. Porém, ainda não fecharam as portas para dar apoio ao MDB. Já que Lucas ainda não deu certeza de sua candidatura. Existe, sim, a possibilidade de não haver chapa adversária em São Ludgero.

Promoção em BN

A CDL de Braço do Norte lançou nesta segunda-feira mais uma edição da sua tradicional Promoção Compras Premiadas. A novidade deste ano é a antecipação da promoção, que terá duração de aproximadamente quatro meses. Com intuito de movimentar o comércio, a Promoção Compras Premiadas irá sortear R$ 20mil em vales-compras que serão distribuídos aos consumidores que realizarem compras nas lojas participantes. A cada R$ 30,00 você garante um cupom, que deverá ser validado através do site da promoção.

Chancela

Não tem mais volta. Um comunicado emitido pelo MDB de Braço do Norte, em 28 de agosto, chancela o apoio do partido ao ex-filiado Emerson Fernandes, o “Mano”, agora do PSL, como candidato a prefeito, bem como dá carta branca e apoio total para o nome que a coligação formada, além destes dois partidos, pelo PSDB e PL, escolher. Tudo leva a crer que o nome do vereador Ricardo Medeiros, presidente do PL, seja o preferido. O PSDB oferece Soraya Michels. O MDB, partido que nunca esteve fora da majoritária em 40 anos de história, não quis nem sugerir um nome para esta vaga.

Prepotência

O comunicado assinado pela Comissão Eleitoral do MDB, Executiva e pré-candidatos a vereador, diz que o projeto de coligação PSL, PL, MDB e PSDB visa unir forças no sentido de devolver à sociedade braçonortense a Administração Pública Municipal. Lutar contra a arrogância, ódio e prepotência e os interesses pessoais que tomam conta do atual governo. Priorizar ações nos serviços de educação, saúde, segurança, assistência social, emprego, renda e infraestrutura.

Alerta

Sem falar em números nem como está a situação financeira da Prefeitura, a nota do MDB alerta que o município de Braço do Norte corre o risco de se tornar insolvente pela primeira vez na sua história, ou seja, não conseguir pagar o que deve, por conta de uma dívida contraída pela atual gestão, cuja a última parcela, segundo eles, vence próximo a 2050.

Vereadora

Este espaço chegou a anunciar que a locutora Vanuza Barcelos se colocou à disposição para concorrer a uma vaga na majoritária. Contava, na época, com o apoio da Executiva. Sua candidatura não decolou. Voltou ao posto de pré-candidata a vereadora. Quem deve também fortalecer as fileiras do MDB como candidato é Michell Sombrio, ex-presidente da Comissão Estadual da Juventude. Estaria conversando com familiares sobre esta possibilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale