segunda-feira, janeiro 25Diário online de Braço do Norte

Fórum discute o turismo em Grão-Pará

O Primeiro Fórum de Turismo de Grão-Pará será realizado nesta quinta-feira, 25 de julho, a partir das 20 horas no Salão Paroquial. O evento faz parte dos festejos de 61 anos de emancipação da cidade e espera reunir mais de 300 participantes. Com o tema, “Turismo e o Potencial a Ser Explorado”, debaterá os pontos necessários para a elaboração do Plano Municipal de Turismo.
A realização deste encontro é um dos trabalhos do Conselho Municipal do Turismo. Criando em 2001, mas somente posto em atividade em novembro de 2018, o Comtur tem como atual presidente Rosana Oliveira Souza, proprietária da Pousada da Pirâmide, na Serra Furada. Assim como ela, diversos empreendedores iniciaram nos últimos anos, ou meses, algum trabalho acreditando no potencial Turístico do município. “O segmento do turismo é o que mais cresce e gera empregos diretos e indiretos no mundo. É responsável por 10% do PIB mundial, 3,2% do PIB brasileiro e 13% do PIB de Santa Catarina”, destaca. A Empresa Brasileira de Turismo, Embratur, acredita que o setor seja responsável por mais de 10 milhões de empregos, diretos e indiretos. “Segundo o Ministério do Turismo 95% dos empreendimentos são micro, pequenas e microempreendedores individuais, o que comprova a capilaridade, transversalidade e o poder do setor”, enfatiza.
“Em Grão-Pará o setor turístico encontra-se em processo de desenvolvimento e expansão. A criação do Plano Municipal de Turismo tem como objetivo potencializar o desenvolvimento e fortalecimento da atividade turística no município de Grão-Pará”, lembra o secretário de Esporte e Turismo, Ronei Costa Bussolo. “Todo este empenho e dedicação será reconhecido neste Fórum que explanará os caminhos que devemos trilhar. É como uma fórmula. Se seguir, não tem como dar errado”, explica.
Após a realização deste debate será apresentado até o final do ano, o plano de trabalho com as ações que devem ser adotadas com a criação efetiva do Fundo Municipal do Turismo – Fumtur. “A partir de então, teremos nossa própria receita e poderemos fomentar ainda mais a área no município”, acrescenta o secretário.

Guia turístico na praça

Mesmo sem o Fumtur, algumas ações estão sendo implementadas, como a instalação na Praça Anésio Faust de um Mapa Ilustrativo Turístico, com QR Code. “Quem chega ao município pode aproximar seu celular da imagem que quer conhecer. Se o aparelho tiver o aplicativo correto e conexão à internet, abrirá um mapa que o levará diretamente ao local desejado”, explica Ronei Bussolo.
Além do mapa, que está localizado ao lado da Central de Informações Turísticas, está sendo distribuído um folder com todas as opções. “O turista ou mesmo os moradores das redondezas procuram muito informações sobre atrativos na Serra do Corvo Branco, bem como cachoeiras e trilhas”, enumera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale