terça-feira, janeiro 26Diário online de Braço do Norte

Gravatal entre os 50 selecionados do Brasil

COLUNA VOO DO MOSCA – 08 de janeiro de 2021

A Comunitas, organização que fomenta e fortalece um pacto coletivo entre setores para o desenvolvimento sustentável do País, desenvolve a Jornada Desafios dos Futuros Prefeitos, iniciativa que busca apoiar os novos chefes dos executivos municipais na transição de governo. Dos mais de 100 prefeitos eleitos de todo o Brasil inscritos para participar da Jornada Desafios dos Futuros Prefeitos, apenas 50 foram selecionados e três deles são de Santa Catarina: Adriano Silva, de Joinville, maior cidade do Estado, Clei Rodrigues, de Gravatal e Laurino Peters, de São Bonifácio.

Clei é um dos três prefeitos de Santa Catarina selecionados

Após passarem por seletiva, desde dezembro recebem, gratuitamente, o apoio de técnicos e especialistas, além da transferência de conteúdo por meio de trilhas de conhecimento aberto, conferências virtuais, mentorias individuais e coletivas, e do oferecimento de ferramentas de gestão. A iniciativa busca apoiar os próximos chefes dos executivos municipais na transição de governo, na construção da agenda prioritária dos 100 primeiros dias de mandato, e na elaboração do plano de metas. Segundo os organizadores, para chegar até aqui, os selecionados demonstraram espírito público de transformação. Ao aceitar participar da iniciativa, o prefeito precisou assumir o compromisso, por meio da assinatura de uma carta, de engajar-se em todas as etapas do projeto.

O trabalho não para

O prefeito de Braço do Norte, Beto Marcelino (PSD), disse que durante o mês de janeiro não passará o cargo ao vice, Ronaldo Fornazza (PP), como faz tradicionalmente para descansar. Continuará o trabalho em ritmo normal. Ao contrário do que fez nos últimos três anos, em comum acordo, Fornazza assumirá uma semana em fevereiro e assim alternará outras três pausas no calendário durante o ano de 2021. Engana-se quem pensa que Beto usará este tempo livre pra repousar. Já está com uma agenda cheia de compromissos para estas datas. Quer visitar as prefeituras e correligionários das cidades vizinhas. Para ele, a troca de experiências e o contato é importante para se criar uma agenda regional.

Fornazza assumirá em quatro oportunidades em 2021

Solicitação

Com uma média de abate de 13 mil suínos por mês, o Roanna Alimentos, do Pinheiral, é uma das empresas que torce pela liberação do recurso solicitado ao Governo do Estado para pavimentação da rodovia que liga o distrito do Pinheiral a Rio Fortuna, passando pela localidade de Rio Café. Para se ter uma ideia da importância desta empresa ao município, ela gera 170 empregos diretos e indiretos e tem uma frota de 53 caminhões emplacados na cidade, garante um de seus diretores, Alessandro Ricken. Além dela, no percurso há outro frigorífico de porte médio, o Frigvan, e dois laticínios, Becker e Darolt. São nove quilômetros de asfalto. O valor da obra ainda não foi calculado, mas, segundo estudos preliminares, não deve chegar a R$ 10 milhões.

Armando

Coronel Armando, deputado federal do PSL que esteve em Grão-Pará com o prefeito Helinho Alberton (PP) na terça-feira, disse que tem grande admiração e respeito pelos vereadores e prefeitos. Entende que a eleição municipal é muito mais difícil de ser disputada que a de um parlamentar, por exemplo. E não é por menos, assim como ele que embarcou na onda Bolsonaro, diversos governadores, deputados e senadores foram eleitos sem muito esforço em 2018. Coronel Armando conhece Bolsonaro há 44 anos. Com quem estudou e chegou a se formar. Há poucos dias recebeu o presidente, que estava de férias em Santa Catarina, para um café em sua residência em Joinville.

Prefeito Helinho, em Grão-Pará e Coronel Armando

Acelera, Lei

A torcida é grande para que Vanderlei Machado, o “Lei”, de 48 anos, volte a pedalar pelas ruas de Braço do Norte. Lei caiu de bicicleta nesta terça-feira e teve uma fratura séria no crânio. Ele pedalava na Avenida Jorge Lacerda, próximo a Cerbranorte, quando caiu e bateu com a cabeça no meio-fio. Depois de passar por vários exames em Tubarão, Lei foi transferido para Braço do Norte para não se expor ao Covid-19.

Começa a pesquisa

Na próxima segunda-feira, 11 de janeiro, inicia a 15ª pesquisa Top de Mídia em Braço do Norte. Até 31 de janeiro o internauta pode acessar nosso site, www.topdemidia.com.br, se cadastrar e votar nos nomes que acredita que tiveram o de maior destaque no ano que passou em sua área. A inclusão de mais de dez novas categorias e a exclusão de outras são as novidades deste ano.

Mande nudes

Diante do crescente número de homens da região que vêm caindo no “golpe do nudes”, o delegado Eder Matte, da Polícia Civil de Braço do Norte, gravou um vídeo essa semana em que explica como os golpistas agem e alerta a população para esta modalidade de ação. O conhecido golpe do nudes consiste na criação de perfis falsos (fakes) de garotas nas redes sociais e, a partir daí, passam a adicionar homens, na maioria das vezes de meia idade, e começam a trocar com eles mensagens de cunho sexual. Durante as conversas, que são realizadas através do bate-papo dos aplicativos e também pelo WhatsApp, são trocadas fotos íntimas (nudes) entre a suposta garota e os homens, que são, a todo tempo, enganados pelos autores do crime. Importante destacar que, na abordagem da vítima, a suposta garota não declara ser menor de idade, informação que surge apenas posteriormente quando é realizada a extorsão.

Mande nudes 2

Já de posse da foto da vítima e das trocas de mensagens, os golpistas entram em contato com estes homens. Se apresentam como policial civil, e informam que a menina seria menor de idade e exigem dinheiro para não realizarem a prisão da vítima. Posteriormente, inventam uma suposta ‘intermediação’ entre a vítima e o pai da garota, solicitando mais dinheiro para pagar um tratamento para menina que teria ficado doente com a situação. Chegam a exigir dinheiro para pagar o enterro da suposta menor de idade que teria falecido em razão de depressão. Caso a vítima não deposite a quantia em dinheiro exigida pelos criminosos, eles ameaçam expor toda a conversa aos familiares das vítimas e pessoas próximas, que, subjugados a essa situação, acabam efetivando os depósitos. O delegado lembra que há, realmente, muitas vítimas em Braço do Norte e nos municípios que integram a Comarca. As vítimas procuram a delegacia, explicam o que aconteceu. A maioria, constrangido, prefere não registrar a ocorrência. O delegado diz que o valor levantado através do golpe é grande.

Quer ser avisado quando uma matéria for publicada? Entre no nosso grupo do WhatsApp. https://chat.whatsapp.com/JSWmqFrf6fjHL2vubcBsNk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale