domingo, fevereiro 28Diário online de Braço do Norte

Em Braço do Norte, 18% da população têm algum tipo de deficiência

Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla inicia nesta terça, 21, e conscientiza sobre prevenção e inclusão de políticas públicas

 A deficiência é uma condição na qual a pessoa não consegue realizar algumas atividades consideradas “normais” para o ser humano. Essa condição é provocada por alguma limitação física, motora, visual, auditiva ou mental.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 18% da população de Braço do Norte possui algum tipo de deficiência. A coordenadora do programa Prevenir, da Apae do município, Tamara Gonçalves, destaca que esse número é crescente, porém, dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), indica que 70% das deficiências poderiam ser evitadas. “Esse índice tem sido crescente em Braço do Norte e por isso é importante que se busque informação na hora de planejar uma gravidez. É necessário um acompanhamento médico no pré-natal, durante a gestação e pós-parto, com o exame do pezinho, por exemplo”, explica a coordenadora.

A deficiência não é uma doença, mas pode ser causada por diversos fatores, como por acidentes, condições sócio econômicas em crescente deterioração, por fatores orgânicos ou hereditários e por fatores genéticos. As práticas preventivas podem evitar os casos. Algumas medidas como pré-concepcional (antes da gravidez), pré-natal (durante a gestação), perinatal (no momento do parto) e pós-natal (após o nascimento), devem ser aplicadas para evitar o desenvolvimento de múltiplas deficiências na criança.

 

Você sabia?

A idade dos genitores (menos que 20 ou mais de 40 anos) aumenta significativamente o risco de nascerem filhos com deficiências. O álcool ou drogas psicotrópicas são potentes agentes tóxicos elevando o risco de lesões fetais. As crianças amamentadas por pelo menos 6 meses apresentam menos dificuldade de aprendizado na escola.

 

Apae de BN lança programação da Semana da Pessoa com Deficiência

 Nesta terça-feira, 21 de agosto, inicia a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. O evento segue até a próxima terça, 28 de agosto. O objetivo da Semana Nacional é abrir debates e colocar a sociedade em reflexão no dever da igualdade para inclusão.

O diretor da Apae de Braço do Norte, Angelo de Souza, conta que com base no tema: “Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas”, a ação conscientiza sobre a importância da participação da família, em todos os processos da vida de seus filhos, seja educacional, de desenvolvimento, de habilitação e reabilitação, e demais projetos como na gestão das Apaes. “Nos próximos dias teremos uma programação especial para os nossos alunos e para a sociedade. Lutamos pela ampliação de políticas públicas de inclusão e para que a população tenha consciência da importância da prevenção”, enfatiza o diretor.

Nesta terça-feira, 21, ocorre uma caminhada da prevenção com entrega de panfletos informativos no centro de Braço do Norte. A Apae de Gravatal também promove a 3ª Caminhada da Prevenção das Deficiências no município. A ação inicia às 9h, com saída da Secretaria de Saúde até o EEMAK e às 14h, nas Termas, na rótula central até o Supermercado Duartins.

Em Braço do Norte, a programação segue na quarta-feira, 22, com atividades lúdicas e recreativas na escola. Na quinta, 23, ocorre uma Mostra Cultural no período matutino e feira de artesanato no período vespertino. Já na sexta, 24, os alunos participam do tradicional “Cinema na Escola”, com lanche especial.

Na segunda, 27, a assistente social da Apae de Braço do Norte, Denise Cesconeto, ministra uma palestra para os pais, com o tema “Os desafios e conquistas da inclusão da pessoa com deficiência”. “Queremos mobilizar e conscientizar a sociedade sobre a importância da participação das famílias e da própria pessoa com deficiência no esforço pela inclusão e pela garantia de direitos. Queremos refletir sobre onde avançamos e onde precisamos melhorar nesses desafios”, detalha a palestrante. A semana encerra com um culto ecumênico na Apae.

 

Noite solidária

Durante a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, a Diretoria Social da Apae de Braço do Norte promove a “2ª Noite Solidária em prol da Apae BN, vamos brincar de leiloar”. O evento será realizado nesta quarta-feira, 22 de agosto, às 20hs, no Espaço Criative. A ação por adesão, no valor de R$ 50, oferece cup foods e doces diversos, com a animação de Murilo e Gustavo. Os produtos doados pelo comércio local serão leiloados entre os participantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale