Edição 1603 – 23 de agosto

De volta ao trabalho

Os cinco funcionários da Cerbranorte afastados pela Justiça, após denúncias que poderiam estar prejudicando o trabalho de investigação que apura os indícios de irregularidade na inscrição de novos associados na Cooperativa e coagindo testemunhas, voltaram nesta quinta-feira ao trabalho, após a realização da perícia médica admissional. A Justiça acatou na sexta-feira, 16 de agosto, o pedido do advogado de defesa dos funcionários ao entender que não ofereciam mais risco às investigações. Eles ficaram, praticamente, seis meses afastados da Cerbranorte. O processo segue em segredo de Justiça.

PSL se manifesta

O PSL tratou, de em nota, desmentir qualquer intenção de expulsão do partido. “Cumpre esclarecer por ora que não houve nenhuma manifestação ou pedido do Sr. Governador do Estado de SC acerca dos casos noticiados, tampouco pedido de expulsão dos envolvidos. Cumpre destacar que o Sr. Governador do Estado de SC, nos últimos dez meses de governo e transição, jamais se referiu por meio de imprensa e de suas redes sociais, a qualquer autoridade ou membro de Poder ou Órgão estranho ao Poder Executivo, demonstrando linha de conduta de um estadista”, diz o documento assinado pelo deputado Federal Fabio Schiochet.

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Ou mande e-mail para [email protected] com o assunto Login. Sempre de segunda a sexta-feira, das 09h às 12 horas ou das 13h30min às 17h30min.


Leave a Comment