quarta-feira, janeiro 20Diário online de Braço do Norte

Edição 1564 – 1º de fevereiro

Confiante

Essa semana tive a oportunidade de encontrar com o Prefeito em exercício Ronaldo Fornazza e também com o titular Roberto Kuerten Marcelino, e fiquei muito feliz com o otimismo de ambos, que estão com a expectativa de que este ano de 2019, mesmo com todas as dificuldades, deverá ser o melhor e de mais realizações desta administração. Em termos de obras físicas tem a certeza de que será o ano de mais realizações e inaugurações. Além da ponte que ligará o centro à União, e que deverá ser um cartão postal para a cidade, a reinauguração do Estádio Municipal Lauro Koch, a preocupação com a saúde e a educação é colocada em plano especial. E neste sentido Braço do Norte, terá neste ano uma excelente novidade que proporcionará mais segurança para as nossas crianças. Os veículos serão equipados com a cadeirinha para crianças de sete anos. Uma ação pioneira em prol de cumprir as exigências do Conselho Nacional de Trânsito. O Ministério Público tem sua participação com Termo de Ajuste de Conduta, com o objetivo de garantir a segurança dos alunos que são transportados diariamente. Além da instalação das cadeirinhas, todos os veículos utilizados no transporte público de estudantes passarão, semestralmente, por vistoria para a verificação de todos os itens de segurança obrigatórios listados no Código Nacional de Trânsito. É importante vermos esta consciência responsável por parte dos administradores e equipe. Outra pauta importante que sempre nos salientam é para que a Secretaria de Infraestrutura, seja melhor equipada e para isto bons investimentos devem ser conquistados e efetivados. Que continuem com esta disposição em todos os sentidos.

Uber do ônibus

Uma novidade com a digital de Braço do Norte e a participação da Lucretur, é este novo serviço oferecido pelo aplicativo Buser. Se trata de uma plataforma, criada em 2017, conecta passageiros com destinos em comum para fretar ônibus nas opções executivo, leito, leito-cama e, ainda, economizar até 60% no valor do transporte. Na rodoviária, uma passagem para viajar entre a capital catarinense e São Paulo, por exemplo, chega a custar R$279. Ao contratar o frete pelo aplicativo, este mesmo trecho sai, em média, por R$119, valor 56% mais baixo que a tarifa da passagem unitária. A nossa capital, Florianópolis, foi a segunda cidade da Região Sul a receber o serviço, antes tínhamos somente Curitiba, com este atendimento. Nesta semana, o aplicativo também inaugura opções entre as cidades catarinenses, Tubarão, Balneário Camboriú e Braço do Norte. Todas com destino à capital paulista. A expansão é decorrência de novas parcerias com empresas de fretamento dessas regiões. A ideia, é fomentar o uso da tecnologia para o transporte compartilhado. Uma grande opção para o nosso Vale do Braço do Norte.

Receita Federal

Uma boa notícia que pode proporcionar uma renda extra para o nosso Hospital Santa Teresinha, um caminhão de produtos apreendidos pela fiscalização e que serão negociados em Braço do Norte. A empresa Áurea Alimentos, que sempre está colaborando no desenvolvimento da região fez o frete gratuitamente. Parabéns!

Moldurarte

Em contato com clientes do maior grupo de Molduras do Brasil, que engrandece a cidade de Braço do Norte e o estado de Santa Catarina, conhecemos Higino França, em visita nas fábricas. Veja só um dos seus clientes em Brasília, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Dr. Carlos Ayres Britto, emoldurando peças de seu acervo pessoal. A Casa da Moldura em Brasília distribui a melhor moldura, evidente de nossa cidade. Parabéns a todos os funcionários, diretores do Grupo Moldurarte e aos empresários, no caso o amigo Higino França.

Realidade

Com o passar dos anos, e hoje posso falar bem sobre esta situação, pois já estamos usando a vaga de estacionamento especial há três anos, muita coisa vai mudando e transformando o nosso dia a dia. Tudo passa muito rápido, e temos a necessidade de fortalecer muito bem o nosso ser, o nosso espírito, temos que estar com a alma preparada para todos os desafios. Uma das dificuldades das pessoas com mais idade é a solidão, e só sabe realmente sobre esta realidade quem vive o fato. Cuide bem, numa grande parte de nossa vida somos usados, manipulados e depois esquecidos, por isto a importância de canalizarmos amigos, bons e sinceros amigos. E digo com muita alegria e entusiasmo, como é bom ter amigos. São realmente o suporte para a nossa jornada. Que possamos escolher bem e moldarmos nossa caminhada. Olhe bem para os lados, para frente e para traz e veras quantos amigos teus estão sós, abandonados e por terem se preparado para esta realidade são felizes. Posso dizer aos meus amigos que estou feliz, apesar de tudo e de todos.

Grão-Pará

Depois de muita chuva nos últimos dias, a Secretaria de Obras, realizando um trabalho diferenciado já conseguiu recuperar diversas estradas vicinais danificadas pelas enxurradas nas comunidades de Braço Esquerdo, São Camilo, Linha Antunes Braga e no Distrito de Invernada. Nas rodovias foram feitos drenagem, patrolamento e revestimentos de areão. Grão-Pará conta com uma malha viária de aproximadamente 700 quilômetros, sendo um dos municípios com maior quilometragem de estrada de chão da região. As rodovias municipais são muito utilizadas por agricultores que escoam suas produções e as recuperações são realizadas diariamente pela equipe da Secretaria de Obras. Uma grande notícia será a assinatura de contrato de financiamento com o BRDE, nesta manhã de sexta-feira, no valor de R$ 2,7 milhões através do programa Avançar Cidades do Governo Federal, com o objetivo de pavimentar ruas ainda de chão batido, localizadas na cidade de Grão-Pará. O valor total do financiamento será de 5 milhões com contrapartida de R$ 250 mil. Deverão ser pavimentadas 11 ruas. Segundo o prefeito Marcio Borba Blasius, a assinatura do contrato é mais um passo importante para que em breve as obras comecem a ser realidade.

Justiça

Boa a informação de que o Juiz Eliezer Siqueira de Souza Junior, que atua no interior de Sergipe, julgou improcedente um pedido de indenização que um aluno pleiteava contra um professor que tomou o seu celular em sala de aula. O aluno estava ouvindo música em sala de aula. Enfim uma boa informação que vai colocando as coisas no seu devido lugar.

Vale do Rio Doce

Até quando esta triste realidade vivida uma vez mais em Minas Gerais. Agora a prisão de engenheiros e profissionais, mas na minha humilde opinião a primeira prisão teria que ser do presidente da Vale, depois os demais. Mas lamentavelmente mais uma vez a culpa será distribuída no baixo clero. Para a economia brasileira foi mais um baque, para os atingidos, uma desgraça, para famílias atingidas significa até o fim da linha, mesmo para quem ficou vivo. O triste é o testemunho de que a represa vinha apresentando vazamentos, então, além de tudo uma negligência danada. Foi um crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale