domingo, janeiro 17Diário online de Braço do Norte

Defesa Civil emite alerta sobre formação de ciclone

Um ciclone extratropical pode atingir Santa Catarina entre esta sexta-feira e domingo, e trazer ventos fortes e chance de ressaca

 

O calorzinho dos últimos dias se despede dando lugar a uma frente fria nesta sexta-feira, 26 de outubro. Já para sábado, a previsão do tempo indica a formação de um ciclone extratropical. Um áudio do agrônomo Ronaldo Coutinho que circula nas redes sociais falando sobre as projeções para a formação desse ciclone tem assustado moradores da região.

De acordo com a Defesa Civil Santa Catarina entre a noite de sexta-feira, 26, e a manhã de domingo, 28, um ciclone extratropical deve intensificar-se na costa sul do Brasil, entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Esses sistemas podem ocasionar ventos fortes e condições adversas de mar, dependendo de sua intensidade ou proximidade da costa.

Até o momento, conforme a previsão de localização e intensidade do ciclone, durante o final de semana, pode ocorrer ventos fortes, com rajadas de 60 km/h a 80 km/h no litoral e sul catarinense, especialmente no Litoral Sul e Planalto Sul. No mar, em áreas mais afastadas da costa, as rajadas podem chegar a 100 km/h. O ciclone também favorece a condição de mar agitado e risco de ressaca no final de semana, especialmente no Litoral Sul.

 

Ventos podem atingir o Vale do Braço do Norte

O Vale do Braço do Norte também pode ser atingido. Conforme o meteorologista da Epagri, Marcio Sônego, está havendo uma divergência entre os modelos de previsão do tempo americano e o europeu. Segundo Marcio os ventos podem chegar a 35 km/h caso se confirme o que apresenta o modelo americano e a 81 km/h caso o modelo europeu esteja certo.  “Braço do Norte por conta da sua composição geográfica, bem como demais municípios do interior do estado serão afetados com menos intensidade do que o litoral, porém, o Vale não deixa de ser atingido, e deve receber ventos fortes caso se confirme o que aponta o modelo europeu”, explica Marcio.

Segundo a Defesa Civil ciclones extratropicais são sistemas atmosféricos comuns no litoral sul do Brasil, apresentando maior frequência nos meses entre final de outono e início da primavera. “É apenas uma previsão, que pode mudar nas próximas horas. Mas caso se confirme, o alerta que deixamos principalmente ao povo da região sul, do litoral e do Vale, que costuma frequentar as praias do litoral Sul, que evite a pesca no mar, muito provavelmente ocorrerá uma ressaca, e que se prepare para possíveis transtornos na rede elétrica. Na praia as residências mais frágeis, que tenham cupim, casas mais velhas, podem ficar destelhadas, portanto a atenção deve ser redobrada”, alerta Márcio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale