sexta-feira, janeiro 22Diário online de Braço do Norte

Da TV para as urnas?

Voo do Mosca

O PT de Braço do Norte pretende lançar três candidatos a vereador nesta eleição. Pelo menos a ata da convenção sinalizou com esta intenção. São eles: Adélcio Felipe, Albertina de Oliveira e, acredite, Augustinho Carrara. Na verdade, “Augustinho Carrara” é o apelido de Augustinho Rosa de Oliveira, que disputou a eleição de 2012 com a apelido de “Augustinho Gari”, pois trabalhava como lixeiro na Recicle. Há oito anos, trocou de profissão e trabalha como motorista no Zavaski, onde recebeu o novo apelido. “Se chegar aqui na empresa e perguntar pelo Augustinho Oliveira, ninguém conhece, mas se falar: ‘quem é o Augustinho Carrara?’ todos sabem de quem se trata”, diz com bom humor, acreditando que desta vez se elege. Na última disputa, fez 51 votos.

Anel Viário

A novela do Anel Viário, que desafogaria o trânsito pesado do Centro de Braço do Norte, segue a passos de tartaruga. O projeto está pronto. O assunto segue em discussão no DEL (Desenvolvimento Econômico Local) ainda sem a definição de quais nomes formação a comissão oficial que deve realizar o levantamento de cada uma das matrículas por onde passará o trajeto e tratar de negociar com cada proprietário de terreno a possível doação de área ao município. Um processo longo, iniciado há mais de 10 anos com a viabilidade do projeto, e que, a bem da verdade, parece sem fim.

“Eu? Candidata?”

Inscrita como pré-candidata a vereadora em Braço do Norte, uma moradora do município diz que levou um susto ao ver seu nome e seus dados na ata na convenção do partido. Garante que nunca assinou ficha de filiação ao partido e muito menos autorizou a utilização de seu nome como candidata nesta eleição. Em 14 de setembro enviou à Justiça Eleitoral um comunicado assinado por ela, informando sobre o fato.

Ponte

Será entregue neste domingo, 27 de setembro, em uma cerimônia simples, a ponte da União. Como ainda não foi concluída, não recebe o nome oficial de Celso Kindermann. Para isso, deve ser aprovada ainda na Câmara de Vereadores o registro do nome. A inauguração acontece apenas em novembro, após a eleição.

Nomes

Pretendíamos, ainda nesta edição, trazer a relação completa dos candidatos a vereador inscritos para disputar o pleito para vereador nos municípios de nossa área de circulação. Acontece que nem todos os partidos ainda regularizaram este processo no cadastro digital da Justiça Eleitoral que pode ser conferido por qualquer um. O prazo para inscrição dos candidatos pelos partidos encerra no sábado, 26 de setembro, e a campanha começa, oficialmente, no domingo. Alguém tem dúvida que alguns “pré” não passarão nem desta primeira etapa?

Doença respiratória

Depois do coronavírus, da ameaça da nuvem de gafanhotos, vendaval e granizo, agora, aqui pertinho, uma doença está causando a morte de várias aves de postura em São Ludgero. Apesar de não se tratar de uma gripe aviária, ou mesmo causar problemas de saúde aos seres humanos, a doença é altamente contagiosa, causando grande mortandade de aves e um prejuízo incalculável aos produtores locais. Para se ter uma ideia, São Ludgero tem, aproximadamente, 2 milhões de aves de postura. Acredita-se que cerca de 1 milhão e 600 mil ovos são produzidos diariamente no município.

Retorno às aulas

O retorno das aulas em Santa Catarina é defendido por alguns com a apresentação de um estudo feito nos Estados Unidos, que aponta que a principal influência nas decisões sobre reabertura das escolas não é pelo risco de contágio, mas em função da força sindical de professores. O estudo contou com dados sobre as decisões de reabertura de 835 escolas públicas americanas. Não foram encontradas evidências que indiquem que o risco de contaminação de Covid 19 esteja correlacionado com as decisões de reabertura de escolas. O estudo foi claro: nos EUA, o que mais influencia na reabertura ou não das escolas são os sindicatos, e não o risco do contágio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale