domingo, março 7Diário online de Braço do Norte

Craque do passado celebra reinauguração do Lauro Koch

Reabertura acontece neste sábado, 25 de maio. O ex-jogador Volney Simiano, é um dos tantos desportistas, que comemora a reinauguração

Após anos fechado, finalmente chegou o grande dia da reinauguração do estádio Lauro Koch, na comunidade Nossa Senhora de Fátima, em Braço do Norte. Este sábado, 25 de maio, ficará na memória dos braçonortenses, em especial do ex-jogador Volney Simiano, que durante mais de 15 anos, entrou em campo para disputar inúmeros campeonatos municipais e hoje recorda com carinho dos grandes momentos vividos no estádio.

Há quatro anos, a reportagem da Folha esteve com Volney no estádio, e em meio ao campo vazio e coberto pelo mato, o ex-jogador, lamentava o abandono do local. E essa semana, retornamos ao Lauro Koch, porém, dessa vez, o cenário era outro, os olhos de Volney brilhavam, e ele não escondia a felicidade em ver o estádio todo reformado. “Meu sentimento é de alegria e emoção. Não tenho palavras para expressar o que estou sentindo, sempre fui muito ligado ao esporte. Há quatro anos entrei aqui dentro e só via mato, e hoje voltar aqui e ver o estádio desse jeito, é emocionante, é um sentimento tão bom. Está tudo lindo”, comemora Volney.
Para o braçonortense o estádio deixou boas lembranças. Enquanto admirava a reforma, Volney recordava de alguns, dos vários momentos dentro de campo. “Não tem como entrar aqui e não lembrar de todos os jogos que participei, passa um filme na minha cabeça, sem contar, os grandes amigos que fiz. Disputei vários campeonatos pela Moldurarte e pelo bairro São Basílio”, recorda Volney.
O ex-jogador lembra que o estádio já foi palco de memoráveis decisões, entre elas, a final entre São Basílio e União, em 1986. “Esse jogo me marcou, estávamos perdendo até o último minuto, a torcida da União já estava comemorando o título, mas conseguimos o empate no finalzinho do tempo normal. E na prorrogação fiz o gol da virada e depois o Zizo fez mais um e conquistamos o título. Me lembro como se fosse hoje. Que saudades desse tempo”.
Aos 54 anos, Volney revela o desejo de entrar em campo, novamente. “Confesso que me deu vontade de jogar uma bolinha, relembrar os velhos tempos. Não tenho dúvidas que o Lauro Koch voltará a ser palco de grandes jogos, e eu vou estar aqui na arquibancada torcendo. Estamos vivendo um momento importante para o município, é o resgate do esporte em Braço do Norte”, destaca Volney.

Estádio volta a ter vida em Braço do Norte
Após mais de 10 anos de abandono, o Estádio Lauro Koch recebeu mais de R$ 1,2 milhão em investimentos. “Este foi um dos compromissos firmados por mim e pelo nosso vice-prefeito, Ronaldo Fornazza, e começou a ser honrado em fevereiro de 2017. Após dois anos de muita luta contra a burocracia, desentraves, licitações e etapas concluídas, agora podemos ter o prazer de entrega-lo revitalizado e moderno para a comunidade”, destaca o prefeito Beto Kuerten Marcelino.
Beto lembra que a pista de atletismo era mais um compromisso assumido e que também foi honrado. “Através da paratleta Karolaine Sehnem Roling, que treinava na cidade vizinha de São Ludgero, soubemos da importância de Braço do Norte ter uma pista de atletismo e conseguimos contemplar na reforma”.
O prefeito ressalta ainda que para promover a reforma foram utilizados R$ 1 milhão em recursos próprios do município, além de R$ 250 mil de emenda parlamentar do ex-deputado João Pizzolatti. “Agradecemos ao Legislativo Municipal pela parceria, a Cerbranorte e a todos que, de alguma forma, colaboraram para que o Estádio Lauro Koch voltasse a ser o grande palco do futebol braçonortense, especialmente a nossa equipe, que se empenhou ao máximo para a conclusão deste sonho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale