domingo, janeiro 17Diário online de Braço do Norte

Coronavírus: Você sabe quando deve procurar o hospital?

Médicos explicam os passos para você procurar ajuda em Braço do Norte durante a pandemia

O vento que sopra com mais força desde sexta-feira, as noites frias que chegam com temperaturas próximas dos 10 graus centígrados em Braço do Norte, a chuva que promete cair na segunda-feira, são fatores preocupantes para os profissionais que estão na linha de frente no combate ao coronavírus, pois os sintomas de resfriados simples são facilmente confundidos com o de Covid-19.

“Um motivo a mais para que as pessoas fiquem em casa, mantenham a boa alimentação e evitem se expor, desnecessariamente, ao frio, vento e até a chuva, quando ela vier”, alerta o médico José Nazareno Goutart Junior, diretor técnico do Hospital Santa Teresinha. “É importante, dentro do possível, manter o ambiente arejado para evitar que uma pessoa gripada acabe infectando os demais”, complementa o diretor técnico da Secretaria Municipal de Saúde, o médico João Eugênio Heidemann e Silva. “Nossa previsão é que aumente a procura pelos serviços de saúde pela infecção viral oportuna. Normal esta época”, salienta.

Os dois profissionais orientam que a população faça, neste momento, o uso correto dos canais de ajuda na área da saúde, seguindo um critério de gravidade. “Se o morador de Braço do Norte está com alguma dúvida, por exemplo, se o que está sentindo é uma gripe comum ou mesmo quer saber alguma informação sobre o coronavírus, ele não precisa sair de casa. Deve ligar para o ‘Alô Braço do Norte, a qualquer dia, das 7h da manhã às 23 horas”, detalha João Eugênio. Os telefones disponíveis são: 3658-2646, 9 9937-1450 ou 9 9937-1448.

“Se o morador tiver um resfriado um pouco mais forte e achar que deve procurar alguma ajuda, vá à Unidade de Saúde da Família, o postinho, da sua comunidade”, aconselha o profissional que o paciente use uma máscara, mesmo caseira, para evitar contaminar outras pessoas. “Se for necessário, o médico que lhe atender, vai enviar você ao Centro de Triagem do Coronavírus instalado no ESF do Bairro São Francisco de Assis”, enfatiza João Eugênio.

Hospital montou uma entrada exclusiva para atender os pacientes com suspeita de Covid

Somente depois de passar pelo Centro de Triagem e constatado pelo profissional que os sintomas são de Covid-19 é que o paciente deve se dirigir ao Hospital Santa Teresinha. “Muitos, erroneamente, vem até o hospital como primeiro local procurar ajuda, se consultar”, relata o diretor administrativo do Santa Teresinha, Vitor Abitante. Segundo ele, estes pacientes vão acabar se deparando com aqueles que passaram pela triagem e podem ter o contágio neste momento. “Evitem vir ao hospital. Só em último caso”, alerta. O Santa Teresinha montou uma entrada exclusiva para atender os pacientes com suspeita de Covid-19.

Os sinais de alarme

O diretor técnico da Secretaria Municipal de Saúde, o médico João Eugênio Heidemann e Silva, diz que são praticamente dois os sinais de alertas para o paciente que está em casa procurar ajuda.

“Se você está com febre tomou algum medicamento, como Paracetamol ou Dipirona e a temperatura não baixa, procure o posto de saúde”, enfatiza o médico. “Outro caso, é se sentir dificuldades ao respirar ou mesmo uma dor no peito quando respira”. Algumas vezes estes sintomas estão associados a uma tosse seca. “Eu friso que 80% das pessoas que forem contaminadas como o coronavírus sentirão apenas algo parecido como uma gripe leve. Os outro 20% vão procurar o atendimento médico e, segundo estudos, 5% vão precisar ficar internados em UTIs”, salienta o profissional a importância de se permanecer em casa e evitar a disseminação do vírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale