Concessionária alerta para instalação de reservatório

A importância do armazenamento de água: instalação de caixa d’água é tema da nova campanha da Gravatal Saneamento.

 

Reservatórios são a melhor maneira de garantir a continuidade do abastecimento de água quando há interrupções transitórias por motivos de manutenções, vazamentos ou reparos nas redes de fornecimento de água.

Para alertar cada vez mais os usuários sobre a eficácia da instalação de um reservatório, a Gravatal Saneamento, empresa do Grupo Atlantis, lança campanha institucional falando sobre a importância da instalação de caixas d’água, a fim de garantir o armazenamento de água quando há alguma eventualidade na falta de abastecimento. Sendo considerada uma poupança, uma reserva para qualquer imprevisto que possa acontecer, que venha a afetar o fornecimento de água.

“A instalação de caixas d´água e cisternas é extremamente importante para qualquer imóvel, seja ele uma residência, um edifício, um comércio ou indústria, pois garante segurança interna para quaisquer imprevistos que possam acontecer no sistema de abastecimento de água do seu município, garantindo o seu abastecimento mesmo durante estes períodos,” destaca o diretor de Concessão e Expansão do Grupo Atlantis, Tiago Eyng.

 

 

Instalação

O verão é sem dúvida a estação que a população mais consome água, mas cuidados com a limpeza dos reservatórios e sua instalação devem ser realizados pelo proprietário do imóvel. A Gravatal Saneamento entrega a água até o hidrômetro, mas em cada imóvel que recebe o abastecimento de água tratada, deve conter uma caixa d’água que serve de armazenamento.

A orientação é de que cada residência que tenha de um a quatro moradores tenha uma reserva mínima de mil litros. Assim é possível garantir o abastecimento por no mínimo 24h. Para residências de 5 a 6 pessoas, o indicado é o reservatório de pelo menos 1.500 litros, e para 7 a 10 pessoas uma reserva domiciliar de pelo menos 2 mil litros.

A caixa d’água tem duas finalidades básicas. Uma delas é diminuir a pressão de água que entra no imóvel, evitando sobrecargas nas tubulações internas e proporcionando um uso mais econômico. A outra é garantir a continuidade do abastecimento quando há interrupções temporárias por motivos de reparos e manutenções nas redes de distribuição.

Como fazer a limpeza:

A limpeza da caixa d´água é ação fundamental para a garantir a constância e a qualidade do abastecimento. O estado de conservação da caixa d´água, especialmente de sua tampa, e a limpeza devem ser cuidados realizados pelos usuários.

1 – Um dia antes da lavagem, feche o registro de entrada, desta forma você utilizará a água que está reservada e no dia seguinte haverá apenas o suficiente para realizar a limpeza;

2 – Feche a saída com um tampão, lave as paredes e o fundo com uma esponja macia e água sanitária;

3 – Abra a saída e retire os resíduos que restarem;

4 – Lave novamente as paredes e o fundo, em seguida abra a saída para a água restante sair da caixa;

5 – Lave a tampa;

6 – Abra novamente o registro para encher a caixa.

7 – Abra as torneiras da residência para encher as tubulações novamente;

Não esqueça que a limpeza da caixa d’água deve ser feita no mínimo a cada 6 meses.

Atenção: nunca utilize sabão ou detergente para substituir a água sanitária. Caixas d’água sem manutenção podem levar à disseminação de doenças como diarreias, e também a dengue.


Leave a Comment