quarta-feira, janeiro 27Diário online de Braço do Norte
turazi@brturbo.com.br
DESAFIOS 2021
Antenor Turazi, Colunas

DESAFIOS 2021

Coluna de Antenor Turazi Segundo o Ministro da Economia, Paulo Guedes, o grande desafio à frente é transformar essa recuperação cíclica em uma retomada do crescimento sustentável. Ou seja, transformar essa onda de consumo que tirou o Brasil do fundo do poço através de ferramentas monetárias e fiscais que utilizamos esse ano para uma onda de investimentos. A fala do ministro confirma algo que tanto o Governo Federal, quanto os estaduais e municipais esperam para o próximo ano: a continuidade das PPPs (Parcerias Público Privadas) e a retomada dos investimentos privados no Brasil. Conforme já citamos aqui, os editais para a instituição de parcerias entre governos e o setor privado estão cada vez mais elaborados para garantir segurança jurídica e retorno ao investidor. Instituições como o ...
O ANO DE 2020
Antenor Turazi, Colunas

O ANO DE 2020

Coluna de Antenor Turazi Estamos caminhando para o final do ano de 2020. O ano iniciou com um cenário promissor, muita fé e muita esperança de desenvolvimento na economia, indicadores positivos em vários cenários. Desde março tudo mudou por conta de um problema mundial chamado de coronavírus. Este tal Covid-19 se instalou no mundo, afetando a nossa vida, nossa saúde, nosso comportamento, nossos hábitos, nossa economia. Os números da pandemia são assustadores e dessa forma iremos terminar o 2020 e começar o 2021. Vou encerrar os meus comentários e informações desta coluna neste ano, passando as sugestões fornecidas pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), de que o Brasil tem possibilidades de enfrentar uma recessão profunda e prolongada, como a década ...
Aluguel
Antenor Turazi, Colunas

Aluguel

Coluna de Antenor Turazi Também em janeiro, devem ser discutidas as novas tarifas do ônibus urbano e da mensalidade escolar. Quem mora de aluguel pode ter que negociar com o dono do imóvel o reajuste do contrato, pois o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), que costuma balizar a variação, subiu 21,97% nos 12 meses encerrados em outubro, enquanto o aluguel aumentou 2,01% no período. No ano que vem, vários itens não vão dar alívio inflacionário, alerta a pesquisadora do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Maria Andreia Lameiras. Serviços livres, como passagens aéreas, transporte por aplicativo, cabeleireiro e serviços de entretenimento ficarão mais caros à medida que retomarem o fluxo normal da economia. Bens industriais também podem subir, segundo a economista-chefe da ...
ECONOMIA BRASILEIRA
Antenor Turazi, Colunas

ECONOMIA BRASILEIRA

Coluna de Antenor Turazi O presidente Jair Bolsonaro aposta na recuperação da economia como grande trunfo para buscar manter seu índice de aprovação pela população e, com isto, se manter competitivo no cenário eleitoral. A equipe econômica trabalha com a previsão de que o Produto Interno Bruto (PIB) crescerá entre 3% e 4% em 2021 e 2022. Por isso, o chefe do Executivo adotou o discurso do ministro da Economia, Paulo Guedes, e defendeu que o crescimento está ocorrendo “em V”. “Os últimos dados são realmente fantásticos”, disse, na semana passada, o comandante do Planalto. A declaração ocorreu após o PIB registrar alta de 7,7% no terceiro trimestre deste ano em relação ao trimestre anterior, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O índice, porém, ficou abaixo d...
RECADO DAS URNAS
Antenor Turazi, Colunas

RECADO DAS URNAS

“Os extremistas, aqueles que apostam na ficção, saíram derrotados nessas eleições. A população de todo o país, especialmente em São Paulo, deu um recado claro contra o negacionismo, o obscurantismo e a intolerância”, provocou Doria. Já Huck tem até março do ano que vem para decidir seu lançamento na política. Na eleição de 2018, ele foi convencido pela família, em especial a mulher e apresentadora Angélica, a se manter longe da vida eleitoral e partidária. Mas, nas últimas semanas, tem se animado com as investidas e vem sendo sondado por partidos de centro, como o agora turbinado DEM. O apresentador tem um patrimônio invejável para qualquer postulante à presidência: é conhecido em todo o país. E, no ar, não poupa críticas às desigualdades sociais e problemas enfrentados pela população, co...
ARMA CONTRA O CORONAVÍRUS
Antenor Turazi, Colunas

ARMA CONTRA O CORONAVÍRUS

Coluna de Antenor Turazi Estamos acompanhando a evolução dos estudos clínicos da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca, que agora aumentam as esperanças mundiais no enfrentamento da Covid-19. O imunizante, que está na fase 3, mostrou eficácia de 90% com a administração de meia dose, numa primeira etapa, e de uma dose completa, na segunda. Ou seja, pelo levantamento, não são necessárias duas doses completas para cada indivíduo, como se avaliava inicialmente. Isso significa que um maior número de pessoas poderá ser vacinada com uma quantidade menor do imunizante. A descoberta fez a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que produzirá as doses no Brasil, prever a vacinação de 136,5 milhões de pessoas em 2021. Ainda falta a liberação pela Agência Nacional...
TURISMO BRASILEIRO
Antenor Turazi, Colunas

TURISMO BRASILEIRO

Coluna de Antenor Turazi O setor do turismo brasileiro deixou de faturar R$ 41,6 bilhões desde o início da pandemia de Covid-19, considerando os meses de março a setembro. O montante representa uma queda de 44% no faturamento do setor em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados divulgados são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomércio/SP). Em setembro, o faturamento das empresas do setor, R$ 8,6 bilhões, foi 37,6% menor do que o mesmo mês de 2019, o que significa uma retração de R$ 5,2 bilhões no faturamento. Esse é o pior resultado do turismo para setembro desde o início da série histórica, em 2011. Ao contrário de setores como o comércio e os serviços, em recuperação desde o início do segundo semestre do ano, o turismo não apre...
TAXA DE DESEMPREGO
Antenor Turazi, Colunas

TAXA DE DESEMPREGO

Coluna de Antenor Turazi Apesar de já apresentar sinais de recuperação econômica, o Brasil deve conviver com uma taxa de desemprego muito alta por um bom tempo, disse o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. Ele explicou que o novo coronavírus acelerou o uso da tecnologia e disse que, por isso, nem todos os profissionais tiveram tempo de se preparar para o novo mercado de trabalho. Porém, avisou que o Brasil não tem espaço fiscal para lançar programas sociais com foco nesses desempregados, como outros países devem fazer. A perspectiva de retomada lenta do emprego já estava na conta de boa parte do mercado. Tanto que, logo depois de o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informar que o desemprego bateu o recorde de 14,4%, atingindo 13,8 milhões de pessoas, m...
VACINA PARA CORONAVÍRUS
Antenor Turazi, Colunas

VACINA PARA CORONAVÍRUS

Coluna de Antenor Turazi A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou autorização para que o laboratório Janssen-Cilag (divisão farmacêutica da Johnson & Johnson) prossiga com as pesquisas da vacina contra Covid-19. O laboratório suspendeu os testes no dia 12 de outubro por causa de um “evento adverso grave” com um voluntário nos Estados Unidos. Segundo a agência, os estudos clínicos com a vacina, denominada de Ad26COVS2, já podem ser retomados e que a decisão desta semana garante segurança aos voluntários brasileiros que queiram participar do experimento. Segundo a Anvisa, as regras da pesquisa clínica já preveem a ocorrência de eventos adversos e que a identificação desses episódios serve justamente para conhecer e definir o perfil de segurança de cada medicamento...
QUALIDADE DOS GASTOS
Antenor Turazi, Colunas

QUALIDADE DOS GASTOS

Coluna de Antenor Turazi Só em termos de aumentos de despesa, estamos chegando a R$ 586 bilhões. No início do ano a gente esperava aumento de 2,5% no PIB, que está em queda de quase 5%. Isso também traduz em menos arrecadação. Projetamos um déficit de R$ 871 bilhões. Se vemos quanto o Brasil, gastamos 8,4% do PIB, acima da média dos países em desenvolvimento e de países avançados. Isso se reflete na dívida, que subiu de 76% para quase 95%. Foram ações necessárias, mas a conta precisa ser paga, explicou o secretário. Funchal destacou, no entanto, que o país já vinha lutando contra o aumento da despesa pública antes da crise provocada pelo coronavírus. Quando olhamos para a situação dos entes subnacionais, vemos a situação fiscal frágil que já vinham carregando ao longo do tempo. Uma das...
Folha do Vale