Cia da Cerâmica mira nas tendências de 2020

Empresa pioneira em pisos e cerâmicas no Vale do Braço do Norte está sempre atenta à inovação do mercado 

LEONARDO diz que empresa passou a ser uma boutique de revestimentos

A Cia da Cerâmica, pioneira no mercado de pisos e revestimentos em Braço do Norte, ainda referência em louças e metais, comemorou no último 28 de outubro seus 19 anos de fundação. Com o comando de Leonardo Tramontin, o “Nado”, desde março deste ano, conta com a colaboração de sua esposa, Greicy Darela Bet Tramontin, na direção de marketing e propaganda. A loja multimarcas, localizada no Rio Bonito, às margens da SC-370, possui exclusividade das marcas Decoriles, Roca Select e Decol Boutique.
O diretor da empresa participou esta semana do Café da Folha. Relatou um pouco da história da Cia da Cerâmica, bem como falou do que programa para comemorar os 20 anos em 2020. Saboreando o delicioso café servido pela Panificadora Nack, destacou as tendências do mercado.

 

Como começou a história da Cia da Cerâmica?
Leonardo Tramontin – Venho de uma família tradicional do ramo de materiais para construção. Aliás, foi o meu pai, Ítalo, ao lado do irmão Ascendino, que abriu a primeira loja de materiais em Braço do Norte em 1960. A Irmãos Tramontin Ltda ficou aberta 22 anos. Depois, cada um dos irmãos seguiu seu cominho ao lado de seus filhos. Eu, praticamente, cresci dentro da loja do meu pai. Antes do ano 2000, Braço do Norte era carente de uma loja especializada em pisos e azulejos. Então, percebendo esta necessidade, falei com o meu pai, que me apoiou na ideia de montar uma loja que fosse especializada na área. Por isso, naquele ano, abrimos a Cia da Cerâmica no Rio Bonito, um bairro referência, por ter diversas olarias e local onde meu pai já possuía um galpão vago.

Vocês, então, estiveram sempre no mesmo lugar?
Leonardo Tramontin – Sim, meu pai sempre dizia que o Rio Bonito ia crescer muito. Desde 1996 ele queria abrir uma loja lá. Quando levei a ideia a ele, não teve dúvidas. O meu pai, que faleceu em 2005, deve estar feliz em ver o que a nossa loja se transformou hoje. Sim, estamos no mesmo local, porém, a transformação é constante. Estamos seguidamente nos reinventando, atentos às tendências do mercado e, ouso dizer, nos últimos anos, estamos construindo as tendências. Só observar as fotos antigas de como eram nossas instalações e no que elas são hoje. Deixamos de ser uma loja que vendia piso e azulejos para acompanhar o crescimento do mercado e se tornar uma boutique de revestimentos, especialista no que se propõe. Uma loja em que o cliente pode andar entre prateleiras e se servir sozinho. Porém, podendo solicitar, a qualquer momento, a ajuda de alguém que entende de cada produto. Penso que o cliente está sabendo diferenciar e valorizar este tipo de atendimento.

Fale um pouco destas tendências.
Leonardo Tramontin – Tínhamos, no começo dos anos 2000, poucas opções de louças, cerâmicas e metais no comércio. Aliás, não tínhamos nem mesmo o porcelanato. Veio, então, a necessidade de importar da China, ou seja, de fora do Brasil, as novidades não fabricadas por aqui pela falta de equipamentos. Aos poucos, as indústrias locais foram se equipando para produzir, ou, elas mesmas importarem o material. Foi aí que, em 2008, iniciamos uma parceria visionária com a Roca, a líder mundial de louças e metais. Empresa espanhola, com mais de 70 fábricas. Ninguém conhecia esta marca na região. Só conheciam a Deca e a Docol, as duas maiores do Brasil. Fui o pioneiro na região da Amurel e sou o único, até o momento, autorizado a vender a Roca Select, um segmento de luxo somente para lojas boutique. Fui o primeiro a começar a trabalhar com a marca Portobello, em 2009, na região toda.

Após a partida do seu pai em 2005, a empresa deixou de ser familiar?
Leonardo Tramontin – Não, muito pelo contrário. Os meus irmãos e eu continuamos parceiros e indicando clientes. O que aumentou foi a participação da minha esposa, a Greicy. Casei em 2008, e ela, desde então, tem sido uma grande conselheira. Aliás, em março deste ano, ela assumiu a direção de marketing e propaganda da Cia da Cerâmica e tenho notado uma grande mudança na nossa linha de trabalho.

Fale sobre isso.
Leonardo Tramontin – Ela vem reposicionando nossa marca. Participamos da Feagro deste ano, mostrando nossa cara. Tinha gente que, nestes 19 anos, por exemplo, não sabia da existência da loja. Já realizamos vários eventos direcionados para arquitetos, decoradores e parceiros, tudo para mostrar o que a loja tem de novidades. Sabe aquele aquela tendência que você questionava? Está aí! Estamos criando uma nova forma de se relacionar com os nossos clientes e amigos. A Greicy sempre diz que produtos todas as lojas têm. Ela faz questão de mostrar que o nosso diferencial é o atendimento ao cliente. Deixamos bem claro que a gente entende do que está oferecendo. Levamos, seguramente, para o cliente a solução do problema que ele tem, da necessidade que ele busca. Por isso, nossa equipe está em contínuo aprendizado junto às marcas parceiras. Participamos de cursos, levamos nossos parceiros e funcionários para participar de exposições e feiras, como Casa Cor e a Revistir, onde as tendências de mercado são apresentadas e discutidas com os profissionais e os resultados acabam surgindo.

Para os vinte anos da loja, o que podemos esperar?
Leonardo Tramontin – A Greicy está programando uma série de eventos e até parcerias no segmento, com lojas, engenheiros, arquitetos e decoradores. Vamos marcar, com certeza, com grande estilo a chegada das duas décadas. Estaremos presentes na feira de Milão, na Itália, trazendo as novidades em designer e revestimentos. Porque, queira ou não, a Europa ainda acaba ditando a tendência da moda também nesta área. Pois, nesta feira, todos os anos são lançados novos modelos que ditam boa parte do mercado pelo mundo. Vamos antecipar para o público local estas novidades, a exemplo do que fizemos em 2014, quando participamos da Cersai, a principal feira de revestimento do mundo, que ocorre em Bolonha, também na Itália. Gostaria de ressaltar que estamos também marcando nossa presença em diversos engajamentos sociais, não só em Braço do Norte, mas em toda a região. Não queremos adiantar nada para não perder a graça da surpresa, mas, 2020 promete!


Leave a Comment