sábado, janeiro 23Diário online de Braço do Norte

Chuva deixa prejuízos milionários na região

Rio Fortuna, Grão-Pará e Santa Rosa de Lima foram os municípios mais atingidos pela enxurrada do último sábado

 

A enxurrada que caiu no fim da tarde de sábado, 12 de janeiro, na região, deixou um rastro de destruição e muitos prejuízos. Rio Fortuna, Grão-Pará e Santa Rosa de Lima foram os mais atingidos e ainda contabilizam os danos. Os municípios não descartam a possibilidade de decretar situação de emergência.

Em Rio Fortuna, os principais problemas causados pelas chuvas foram em pontes que foram completamente arrastadas pelas correntezas. De acordo com o prefeito Lindomar Ballmann (PSD), preliminarmente, sabe-se que o prejuízo passa da casa de R$ 1 milhão. “Foram muitos os danos. Já fizemos as ações emergenciais, principalmente para restabelecer o acesso para algumas famílias que ficaram isoladas, mas posso adiantar que tivemos um grande prejuízo. Várias pontes, muitas delas que são grandes, foram completamente arrancadas e teremos um alto custo para recuperar”, analisa o prefeito que diz ainda que a agricultura também sofreu grandes danos com a chuva de sábado e, diante da situação, o município decretará situação de emergência.

Principais danos em Rio Fortuna

Conforme o prefeito Lindomar Ballmann, em uma ponte na comunidade de Rio Areão, a força da água mexeu na estrutura e a passarela vai ser avaliada por engenheiros. Preventivamente, o trânsito de veículos grandes está interditado e a passagem está liberada apenas para veículos leves. A ponte conhecida como do “Pirão” foi completamente destruída. A Ponte do Mitão, na divisa com Grão-Pará, também foi totalmente arrancada. Uma ponte baixa, na localidade de Alto Rio Pequeno, teve a cabeceira danificada. O trânsito está interrompido e a estrutura será avaliada. Outra passarela, próximo à propriedade de Lauro Feldhaus, na divisa com Santa Rosa de Lima, também teve a cabeceira arrancada. Um desvio de ponte da comunidade de Rio dos Bugres também foi completamente levado pelas águas. Outra ponte de madeira, na comunidade de Serrinha da Boa Vista- em direção ao Espraiado – também foi arrancada. “As estradas de Serrinha e Boa Vista foram muito danificadas, assim como as que vão em direção à localidade de Bracinho. Estamos contabilizando muitos danos aos agricultores, principalmente nas margens do rio”, completa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale