Casan anuncia mudança no cálculo da tarifa

Companhia diz que nova forma vai incentivar a economia

Quem consome menos de 10 metros cúbicos por mês pagará menos

A partir de 1º de março, a forma de calcular a tarifa de consumo de água dos 195 municípios atendidos pela Casan – entre eles Braço do Norte, Rio Fortuna, Armazém, São Martinho e Santa Rosa de Lima – passará por mudança. A nova estrutura tarifária será cobrada a partir de abril.
Segundo a companhia, os novos valores e conceitos de cobrança foram definidos pelas agências reguladoras do serviço de distribuição de água. Entretanto, o novo cálculo não acarreta em um aumento no valor fatura. Pelo menos da maioria da população. A principal mudança é o fim do consumo mínimo de 10 metros cúbicos (a mesma quantidade que 10 mil litros de água).

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES


Leave a Comment