“Carga Explosiva”: PC prende assaltantes que explodiram banco em Rio Fortuna

Após intensa investigação foi desencadeada a operação “Carga Explosiva” para prender os criminosos que explodiram o Banco Sicoob/Credivale na cidade de Rio Fortuna e, no começo da manhã desta sexta-feira, 27 de setembro, foram cumpridos quatro mandados de prisão e cinco mandados de busca e apreensão em Criciúma e Morro da Fumaça.

Durante as buscas foram presos quatro homens com iniciais L.P.R. de 26 anos, J.V.G. de 32 anos, I.S.R. de 26 anos e J.M. de 41 anos e apreendida uma banana de dinamite com I.S.R., o qual foi preso em flagrante pelo crime de posse de artefato explosivo.

A operação contou com a participação de mais de 30 policiais das delegacias de Braço do Norte, DIC Criciúma, Forquilhinha, Urussanga, Morro da Fumaça, São Ludgero e Grão-Pará, além do apoio da Polícia Militar. Após os procedimentos de polícia judiciária, os indiciados foram encaminhamos ao Presídio Regional de Criciúma.

O roubo ao Sicoob/Credivale aconteceu por volta das 3 horas da madrugada de domingo, 15 de setembro. Cerca de quatro ladrões invadiram o banco e explodiram um caixa eletrônico da agência, depois fugiram com dinheiro.

Testemunhas relataram para a Polícia Militar que os ladrões estavam em posse de uma arma longa e que fugiram em um veículo sedan de cor branca. Para dificultar a perseguição, os assaltantes espalharam “miguelitos” pelas proximidades da agência, uma espécie de cruz formada por pregos entrelaçados para furar pneus de carros.

O banco informou que todo o dinheiro levado pelos ladrões foi inutilizado por uma tinta que mancha as cédulas quando o caixa é explodido. A tinta é expelida justamente para inutilizar as notas.

Além do caixa eletrônico, também estouraram, na ação, a porta de entrada, a porta giratória e uma janela.


Leave a Comment