terça-feira, janeiro 26Diário online de Braço do Norte

BN inicia em abril testes rápidos para o coronavírus

Prevista para a segunda quinzena a chegada de 1.000 kits de teste rápido. Município tem hoje cerca de 100 casos suspeitos monitorados sem a realização de exames.

A espera de quase uma semana para receber os resultados dos exames do Laboratório Central de Análises do Estado (Lacen) está com os dias contados em Braço do Norte. Previsto para o início da segunda quinzena de abril o recebimento de 1.000 kits de teste rápido para detecção do coronavírus Covid-19.

A intenção, de acordo com o prefeito, Beto Kuerten Marcelino, é a identificar os casos com mais agilidade e promover uma maior rastreabilidade da doença no Município. Hoje a cidade tem 9 casos confirmados e 13 descartados. Mas o ritmo para detecção dos casos é lento. “Temos cerca de 100 pacientes monitorados, sem a coleta de exames, que também podem ter o vírus e outros 17 suspeitos que aguardam o resultado há alguns dias. Estes números com certeza são maiores, pois não estamos conseguindo fazer os exames em todos os casos, em virtude da determinação da Vigilância Epidemiológica Estadual de realizá-los somente em pacientes com sintomas graves”, esclarece. “Braço do Norte tem urgência em detectar os casos, por isso, a aquisição vai dar agilidade ao diagnóstico dos casos suspeitos e, claro, também é uma reserva para o controle da doença nos próximos meses”, acrescenta.

A aquisição dos kits, custará cerca de R$ 90 mil e será pago com recursos da Prefeitura. A medida visa ter uma real dimensão do avanço da doença no município, já que apenas pacientes com sintomas mais graves são submetidos aos exames e faz parte do planejamento para o planejamento dos próximos meses.


Conforme o prefeito, que entrou em contato diretamente com a empresa fornecedora na noite desta sexta-feira, 27 de março, para saber informações precisas sobre a eficácia dos kits, a exatidão dos testes é de 93% a 98%. “Leva-se 15 minutos para obter o resultado e eles chegam em 15 a 20 dias”, explica. “Não temeremos, em nenhum momento, em voltar atrás das nossas decisões, se assim for necessário. Para nós, a saúde da população está sempre em primeiro lugar”, completa.
Para o secretário de Saúde, Sérgio Arent, a aquisição será muito importante para reforçar as medidas já tomadas pelo Município como o Alô Braço do Norte e o Centro de Triagem. “Temos adotado todas as melhores medidas identificadas no combate à doença para aplicar em Braço do Norte e reduzir o impacto da pandemia”, encerrou. A aquisição também teve o aval do Comitê de Gerenciamento, formado por representantes da Prefeitura, Ministério Público, Poder Judiciário, Polícias Civil e Militar, Ordem dos Advogados do Brasil, Corpo de Bombeiros e Hospital Santa Teresinha (HST).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale