segunda-feira, janeiro 25Diário online de Braço do Norte

Aumento de salário polêmico na Câmara de BN

Votação extraordinária concederá reajuste de até 48% para servidores

 

Será votado nesta quinta-feira, 27 de fevereiro, às 18h, em Sessão Extraordinária da Câmara Municipal de Braço do Norte, o aumento de salários dos servidores efetivos e comissionados. Proposto pela atual mesa da presidência, que tem o vereador Celso Onei Martins, o “Torrado” (PTB), como presidente, os aumentos variam entre 8% e 48%. O projeto deve gerar polêmica na Casa Legislativa. Inclusive a vereadora Arlete Ramos (PP) já solicitou parecer jurídico pela complexidade.

Para se ter uma ideia do reajuste, o aumento dos servidores da Prefeitura de Braço do Norte deve seguir a inflação, cerca de 3%. Os salários propostos por Torrado são duas a 14 vezes maiores do que os aumentos dos demais funcionários do Executivo Municipal. Apesar do projeto prever o aumento de R$ 1.000,00 para um servidor e R$ 700,00 para os demais, com os reflexos em outras remunerações o aumento para alguns chegará a R$ 1.700,00.

Chama a atenção o fato de alguns salários girarem em até próximo de R$ 17 mil com o aumento. Outro ponto gritante é que apenas para três cargos há justificativa, enquanto para os demais nada foi especificado, em especial os cargos comissionados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale