segunda-feira, janeiro 25Diário online de Braço do Norte

“Agosto Lilás” é de combate à violência contra a mulher

Quem passa pela Avenida Felipe Schmidt, em Braço do Norte, desde o início da semana pode notar uma série de bandeirinhas lilás colocadas ao longo da via, bem como alguns cartazes. As pequenas flâmulas fazem parte de uma ação promovida pelo Leo Clube Vale do Braço do Norte como lembrança ao Agosto Lilás, mês de combate e de conscientização a respeito da violência contra a mulher.
A ação ocorreu no sábado, dia 15. Cerca de 140 bandeiras foram instaladas na avenida pelo grupo, além de placas com os dizeres da campanha e com do número disque-denúncia da Central de Atendimento à Mulher: o 180. “O Leo Clube já tinha realizado essa campanha no ano passado. Teve uma boa repercussão, então repetimos”, conta Amanda Turossi, segundo secretário do Leo Clube Vale do Braço do Norte.
Para reforçar a mensagem, o grupo também levou a campanha até as redes sociais, com a compartilhamento de mensagens relacionadas ao combate à violência contra a mulher no perfil do Leo Clube no Instagram (@leoclubevaledebn). “A proposta é divulgar mensagens e reforçar a conscientização da população em geral para esta causa, já que, por conta da pandemia de coronavírus, não podemos nos reunir e buscar o contato diretamente com as pessoas”, destaca Amanda.
Agosto Lilás tem sido adotado no Brasil como mês de combate à violência contra a mulher por ocasião da Lei Maria da Penha, sancionada em 7 de agosto de 2006, que estabelece como crime “qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial”. Já o lilás foi escolhido estar inserido na cultura popular como a cor que representa a igualdade.
Live para angariar doações
As restrições e o isolamento social recomendados pelo Poder Público como medidas de combate à Covid-19 têm dificultado o Leo Clube Vale do Braço do Norte na realização de outras campanhas beneficentes. A solução tem sido buscar alternativas para promover as ações, como uma live (transmissão ao vivo via rede social), realizada recentemente, em que foi possível arrecadar 216 cestas básicas e R$ 3.150,00. “O dinheiro que recebemos será também convertido em cestas básicas. Estamos definindo quais comunidades carentes ou quais entidades beneficentes de Braço do Norte irão receber os donativos que conseguimos arrecadar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale