segunda-feira, janeiro 18Diário online de Braço do Norte

107 anos de histórias e sabedoria

Dona Crismélia, moradora do Sertão do Rio Bonito é conhecida por ser a mais idosa habitante de Braço do Norte

DONA CRISMÉLIA reside com sua filha Maria Aparecida, o genro e um de seus bisnetos. Outros filhos estão sempre por perto

Quando dona Crismélia Maria da Conceição nasceu, Braço do Norte estava longe de se tornar um município. Por aqui ainda viviam as primeiras gerações de imigrantes alemães e italianos. Não haviam carros, nem rodovias pavimentadas, muito menos as facilidades tecnológicas dos dias atuais.
Ela nasceu em 1912, em Maceió, Capital de Alagoas. Se diz braçonortense de coração e, aos 107 anos, é considerada a moradora mais idosa do município, muito possivelmente uma das mais idosas de Santa Catarina. Dona Crismélia tem muita história para contar e sabedoria de vida para transmitir.
Na sua idade, o que a senhorinha simpática e de voz suave mais valoriza é a saúde. Apesar de, atualmente, ter uma vida mais “tranquila” de quando era mais nova e, então viúva, precisou cuidar de nove filhos sozinha, trocaria tudo por uma saúde melhor. Devido à idade avançada, hoje as consultas médicas são frequentes e tem dificuldade de se locomover por conta da osteoporose.

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ASSINANTES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Folha do Vale