Seu Camilo deixa legado

Faleceu na manhã de ontem, segunda-feira, 11 de março, o presidente do HST Camilo Alberton

Braço do Norte amanheceu triste nesta segunda-feira, 11 de março. Após 15 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Socimed, de Tubarão, devido a problemas cardiorrespiratórios, o presidente do Hospital Santa Teresinha, de Braço do Norte, Camilo Alberton, aos 73 anos, não resistiu e faleceu por volta das 7 horas.
Camilo nasceu na comunidade Rio Novo, no interior de Orleans. Conhecido pelo perfil empreendedor e administrativo, Camilo era sócio fundador da empresa de contabilidade Contaki e ex-sócio da MB Molduras. Foi professor universitário, diretor e fundador da Escola Técnica de Comércio de Braço do Norte, diretor geral do Grupo Moldurarte e sócio em outras empresas da área de geração de energia.
Desde 2017, assumiu o desafio voluntário de presidir o Hospital Santa Teresinha, onde levantou importantes bandeiras como a transparência e a humanização do atendimento. Foi reeleito presidente por unanimidade em assembleia realizada no final do ano passado e assumiu este ano a presidência da instituição, para mais um mandato de dois anos.
Frente ao HST, Camilo travou importantes lutas, como o sobreaviso médico, a criação e implantação do Portal Transparência e a obra do novo Hospital. Idealizou junto a sua diretoria o projeto de Ampliação do HST, a implantação da sonhada Unidade de Terapia Intensiva – UTI e da Agência Transfusional. Para este pleito, seguia na busca de recursos para a sua realização. “O projeto de ampliação do HST foi abraçado pelo seu Camilo e é um sonho de toda a comunidade que iremos levar adiante. Sonho que se sonha sozinho é apenas um sonho, mas quando sonhamos juntos é realidade”, ressalta o diretor técnico, Dr. José Nazareno Goulart Junior.


Leave a Comment