Jornal na Escola incentiva a escrita e leitura

Jornal na Escola, realizado pela Folha do Vale, em parceria com a Escola Básica Municipal Antônio Rohden foi lançado na terça-feira

Incentivar e aperfeiçoar a escrita e a leitura no cotidiano dos alunos e de sua família. Esse é o principal objetivo do projeto Jornal na Escola, realizado pela Folha do Vale, em parceria com a Escola Básica Municipal Antônio Rohden. O projeto que é dedicado aos estudantes do 6º ao 9º ano da escola foi lançado oficialmente na tarde de terça-feira, 14.

Há dois meses os alunos estão aprendendo a confeccionar seu próprio jornal e as suas matérias, que será encartado juntamente com a Folha, sempre na última edição de cada mês, até o mês de novembro (com exceção de julho, que tem recesso escolar).
Além de soltar a imaginação dos alunos, a leitura e a escrita melhoram o vocabulário. O Raí Demétrio Lopes, 14 anos, já está cheio de ideias para a primeira edição do jornal. “Quero fazer um caça palavras sobre conteúdos que já aprendemos. Eu acredito que vai ser bem legal, é uma forma de relembramos tudo que já estudamos”, conta Raí.
Maria Layla Rita Patrício, aluna do 9º ano, revela que ainda não teve nenhuma ideia, mas garante que está empolgada. “Estou atenta a tudo que vejo e leio, estou à procura de um conteúdo bem interessante, não vejo a hora de ver o nosso primeiro jornalzinho pronto”.
Já Miriam Carvalho, 15 anos, revela que quer escrever uma coluna sobre o signo do estudante. “A minha ideia é descrevermos a personalidade de cada aluno dentro da sala de aula. É algo diferente, mas que tem a ver com a escola. Estou bem ansiosa”.
O prefeito, Beto Kuerten Marcelino, participou do lançamento do projeto, e aproveitou a oportunidade para lançar um outro importante projeto para a educação, o Contação de Histórias, também em parceria com a Folha. Beto ainda reforçou a importância da leitura, contando uma história para os alunos e distribuindo livros do jornalista Fernando Freitas, O Poder da Transformação.
Conforme a secretária de Educação, Desporto, Cultura e Turismo, Claudinéia Niehues, o projeto de Contação de Histórias, desenvolvido originalmente pelo Departamento de Cultura da Secretaria de Educação, tem por objetivo levar às salas de aula uma personalidade do município para que conte uma história aos alunos e entregue uma obra de um escritor do município.


Leave a Comment