Melissa e Manuella precisam da sua ajuda

As gêmeas riofortunenses Melissa e Manuella, de um ano e meio, sofrem de paralisia cerebral. A família das pequenas realiza uma rifa para arrecadar valores para facilitar nos custos dos tratamentos, exames e da despesa com fraldas e leite. A rifa que terá seu resultado divulgado apenas em setembro de 2019 pode ser encontrada na região com familiares e amigos ao valor de R$10.


Lucilene Roecker Soethe, a mãe das gêmeas, explica que a situação das meninas é complicada e que elas não têm evoluído aos tratamentos. “Por conta da saúde delas tive que parar de trabalhar, não dá para conciliar um emprego com a correria dos exames, da fisioterapia, da terapia, da fonoaudióloga, da nutricionista, do qual somos obrigados a correr atrás, apesar do desenvolvimento delas, que é muito pequeno. O caso delas é bem grave e a situação financeira que precisamos para arcar com as despesas também. Neste sábado faremos uma ressonância nelas para confirmar qual a região do cérebro é mais afetada, queremos avaliar se há alguma vacina ou medicação que ajude na evolução das meninas. O custo deste exame é de R$ 1100, além disso, precisamos adquirir dois parapódiuns – uma estrutura que acompanha a coluna e da estabilidade ao usuário – que custam quase R$1000 cada um e temos mais os gastos com as fraldas, remédios e com as duas latas e meia de leite que elas tomam por semana”, conta a mãe.
Conforme Lucilene, as meninas não possuem firmeza e não conseguem nem sentar sozinhas. A mãe explica que apesar de estarem matriculadas na Apae e estarem evoluindo na aprendizagem, ambas falam pouco e apenas a família consegue entender as poucas palavras das pequenas. “Na hora do parto as meninas pegaram uma bactéria que afetou esta parte motora delas ocasionando uma lesão no cérebro. A pouca idade não permite nenhuma cirurgia e é uma situação difícil e cara de lidar, por isso qualquer ajuda é sempre muito bem-vinda”, ressalta a mãe.
Os interessados em ajudar podem entrar em contato com a mãe pelo telefone 9 9121-9599.


Leave a Comment