FHSO: Nova diretoria empossada promete mudanças na unidade

A meta é melhorar os serviços prestados pela unidade hospitalar de Orleans. Nova gestão tenta negociar dívidas que somam quase R$ 2 milhões

A Fundação Hospitalar Santa Otilia, que atende a população de Orleans desde 1939, está sob nova direção. Na terça-feira, 28 de agosto, a nova equipe foi apresentada à população e está disposta a recuperar a credibilidade da entidade que enfrenta dificuldades com o acúmulo de dívidas e outros impasses. A nova gestão está estabelecendo metas e estudando projetos que nos próximos meses serão apresentados ao público.

De acordo com o novo administrador da fundação, Edvan Della Giustina, algumas mudanças internas estão acontecendo. “Começamos a reformular algumas operações. Visitamos um hospital no extremo Sul para ter referências e pretendemos aplicar algumas ações que estão dando certo em outras unidades. Também queremos capacitar nossos profissionais através de treinamentos, entre outras melhorias”, afirma.

O administrador relata que um dos desafios é quitar as dívidas da fundação que chegam à quase R$ 2 milhões. “Estamos negociando com os fornecedores a dívida para tentar quitar. Hoje a fundação tem sua renda através de convênio com a prefeitura, secretaria de Estado da Saúde e os atendimentos particulares. Nossa ideia é melhorar as acomodações e trazer novos especialistas para dar rentabilidade à fundação”, explica Edvan.

A diretoria também estuda criar um canal de comunicação com o público através de um site de informações e prestação de contas. “A participação da comunidade, da imprensa, do poder público, da comunidade, das entidades organizadas e dos empresários junto com esta nova gestão é vital para esta mudança ser positiva. Vamos acreditar e fazer acontecer”, destacam os gestores.

 

Serviços da maternidade devem ser mantidos

O administrador relata que há algum tempo a fundação buscava recursos para a construção de uma nova maternidade, porém, a proposta foi descartada. Também se cogitava o descredenciamento dos atendimentos. No entanto, a nova equipe pretende manter os serviços em aberto e melhorá-los. “Queremos manter os serviços da maternidade. Vamos organizar para dar continuidade”, enfatiza.

Atualmente a unidade de saúde realiza 80 atendimentos por dia através do Pronto Socorro, o que equivale a quase 2,5 mil atendimentos por mês. A instituição conta com 63 funcionários e realiza cerca de 80 cirurgias mensais. “Após quase quatro anos, vamos aderir às cirurgias eletivas em parceria com o governo do Estado para tentar diminuir as filas de espera. Sabemos que o caminho é longo, mas é possível”, reforçam.

 

Diretoria Executiva:

Presidente – Ana Suzerli Gava Savio

Diretora Financeira – Katia Regina Dal Magro Nicoladeli Zomer

Diretora Operacional – Lionete Santina Canever Librelato

Diretora Clínica – Alice Vanesca Veran Zomer

Diretor Técnico – Marcelo Cardoso

Conselho Fiscal:

Titulares: Edna Furlan Rampineli, Delton Baggio e Dovagner Baschirotto.

Suplentes: Savio Schilickmann e Robson De Brida.

Administrador: Edvan Della Giustina


Leave a Comment