“Fazer a diferença na vida das pessoas, traz uma satisfação”

11 de janeiro de 2019

Prefeito de Rio Fortuna, Lindomar Ballmann avalia os dois primeiros anos do mandato e uma projeção para os próximos dois que estão por vir

 

2019 inicia e com a chegada do novo ano os planejamentos também começam. Nas administrações públicas, que nos últimos anos enfrentaram tempos difíceis, planeamento é fundamental para o sucesso da gestão.

Nesta semana, recebemos no Café da Folha, o prefeito de Rio Fortuna, Lindomar Ballmann que fez uma avaliação dos dois primeiros anos de mandato e uma projeção para os próximos dois que estão por vir. “Ampliamos o atendimento na área da saúde. Na educação, temos feito um esforço muito grande para atender todas as demandas, desde creche, transporte escolar, dar condições para os profissionais desenvolverem as duas atividades”, descreve o prefeito.

“Na secretaria de Transportes e Obras realizamos muitas ações, que podem ser consideradas de pequeno porte, mas que garantem o trânsito e que o produtor possa escoar a sua produção. Agricultura, com a nomeação do secretário em 2018, conseguimos organizar a estrutura e estamos avançando nos trabalhos”, complementa.

Lindomar ressalta ainda o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social que, segundo ele, faz um trabalho silencioso, mas garante os direitos básicos das pessoas que mais necessitam. É um trabalho técnico, mas muito bem executado. ““Clube de Mães, que tem um trabalho especial da primeira e segunda dama, junto com a Secretaria de Assistência Social. Acompanhando também o trabalho da Terceira Idade”, observa.

“Na área cultural conseguimos avançar bastante, principalmente no ano de 2018. Acho que Rio Fortuna é um dos municípios que mais investe na Cultura da região. São pequenas ações, mas que vão fazer diferença ao longo do tempo. Resgatamos a Banda Municipal, que já está em pleno funcionamento. Retomamos aulas de danças para as crianças, implantamos projetos alternativos junto às escolas, como fanfarra mirim, aula de dança típica e temos a intenção de ampliar isso. São pequenas ações, mas são recursos investidos. Podemos dizer que é uma obra física a menos, mas a gente está investido na população e esse era um dos objetivos, meu e do Neri, logo após a campanha. Queríamos dar atenção para o povo de Rio Fortuna. Fazer a diferença na vida das pessoas, mesmo que neste curto momento até agora, traz uma grande satisfação”, salienta o prefeito.

 

Lindomar, esta é a sua primeira experiência como chefe Executivo. Passados estes dois primeiros anos de administração, o que mais te marcou e qual a avaliação que você faz?

Lindomar – Eu me preparei para ser prefeito. Sabia dos desafios que eu ia encontrar, das dificuldades e das responsabilidades. Gostaria de ter feito mais nestes dois anos, com certeza. Queria ter apresentado mais obras e mais trabalhos para a sociedade, mas foram dois anos bastantes difíceis, onde não tivemos praticamente nenhum aporte financeiro do Estado e de muitas dificuldades, de um modo geral, das prefeituras. Mas, por outro lado, me dou por satisfeito pois em Rio Fortuna temos as contas em dia, conseguimos honrar com todos os compromissos e conseguimos dar um atendimento à nossa população. Como falei anteriormente, gostaria de ter avançado mais nesta questão, mas a gente tem conseguido dar um atendimento a contento e garantir aquilo que o poder público deve oferecer ao cidadão.

O que hoje é a maior dificuldade? O que Rio Fortuna mais carece que é o teu grande desejo de conseguir?

Lindomar – Acho que precisamos emplacar algumas obras que estão encaminhadas. São algumas obras de impacto que já estão aprovadas no programa Avançar Cidades e que nos próximos dias devemos dar a ordem de serviço. Temos, também, que avançar mais na melhoria das estradas do interior do município. Posso dizer que o meu desejo é que a gente conseguisse levar as pavimentações para as comunidades, isso diminuiria o custo de manutenção do dia a dia, na Secretaria de Transportes e Obras.

 

O que Rio Fortuna pode esperar, para 2019, com Lindomar à frente do município?

Lindomar – A gente já tem licitado e está em fase final, para assinatura de Ordem de Contrato, de uma obra de R$ 3 milhões, que serão investidos na pavimentação de cinco ruas no Centro. Nós estamos concluindo cinco pontes de concreto, no interior. Destas, três estão prontas e acredito que até o fim de janeiro, todas estejam concluídas. Temos a pavimentação de mais duas ruas no Centro, que devem ser finalizadas nos próximos dias. Vamos fazer a reforma do Ginásio – troca do telhado e melhorias na quadra. Já foi licitada e a obra é com recursos próprios, são as economias de 2018. Quanto a projetos de pavimentações, entreguei no BRDE mais R$ 2 milhões em projetos, para ser analisados e que tem parecer para possível aprovação. Eu tenho intenção de executar. São projeto de pavimentações de três importantes ruas do Centro.

 

Sobre o parecer favorável a uma cassação do seu mandato e do Neri, que está em análise no TRE após a denúncia de uma possível compra de voto, e que deve entrar na pauto dia 22, como você analisa a situação?

Lindomar – A posição que o relator do processo tomou me surpreende. Não há nenhuma prova matéria e que isso não pode virar regra, pois senão, não teremos mais eleição. Estou tranquilo, pois sei que não cometi este ato e espero que a Justiça analise o processo num todo, numa forma muito real. O trabalho não para, na verdade ele continua e a gente não perdeu o foco da administração. Gostaria muito de poder concluir a minha administração, focado no trabalho, sem perder tempo pensando nesta questão, que, repito, é um fato que não aconteceu.

Qual a mensagem neste início de 2019, olhando para os dois primeiros anos que passaram e pensando nos próximos dois que virão, que você deixa para a população de Rio Fortuna. O que eles podem esperar do Lindomar e do Neri?

Lindomar – É uma mensagem de agradecimento à população de Rio Fortuna, que é muito parceira das ações do poder público. Temos um povo que trabalha, que cumpre com as suas obrigações, não espera só do Poder Público e isso auxilia muito o trabalho do dia a dia. Neste ano, vamos continuar nos empenhando muito na busca de recursos para ampliar os atendimentos e nas ações diárias para fazer aquele que é obrigação do Poder Público. Em 2019 devemos ter algumas mudanças na organização do trabalho. Uma delas é que modificamos a forma da prestação de serviço de apoio ao munícipe – que é aquele conhecido como serviço particular. Agora tem uma lei que será feita uma cobrança do custo pelo menos do deslocamento do equipamento. Outra mudança e que está em fase final, é o recadastramento imobiliário no município. Isso por exigência do Ministério Público. Na equipe administrativa, a princípio, não teremos mudanças. Preciso também enaltecer a boa parceria que temos com a Câmara de Vereadores, isso nos ajuda muito para que os trabalhos possam fluir bem. Também agradeço aos parlamentares que muito contribuíram com a liberação de recursos para o município de Rio Fortuna, especialmente na saúde.

 


Leave a Comment