De virada, Aiurê solta o grito de tricampeão

Com vitória de 2 a 1 sobre o Nacional, Aiurê comemorou o título Municipal em casa, ao lado da torcida

Grão-Pará conheceu no sábado, 20 de outubro, o campeão Municipal de Futebol de Campo. O Aiurê, em casa e de virada, soltou o grito de tricampeão.

A partida da grande final da Taça Grão-Pará 60 anos aconteceu na comunidade do Aiurê. Em campo, Nacional e Aiure entraram no tapete verde em busca da vitória, já que no primeiro jogo da final, o placar ficou empatado. Os primeiros 20 minutos, quem se mostrou mais organizado foi o Nacional, com melhor toque de bola, porém, as melhores chances foram da equipe da casa. Aos 34 minutos da etapa inicial, o Nacional abriu o placar com Rodriguinho. Em boa troca de passes dos atacantes, a bola sobrou para o mesmo abrir o marcador e fazer a festa dos visitantes. E ficou assim o primeiro tempo, 1 a 0 Nacional.

Na segunda etapa, o Aiurê começou melhor e, aos 19 minutos, fez o gol de empate com o zagueiro Gilson de cabeça, após jogada de escanteio. Com o placar empatado em 1 a 1, as duas equipes se largaram ao ataque, com boas chances de gols criadas e não aproveitadas pelos dois times.

Aos 33min, os donos da casa chegaram a fazer o seu segundo gol, mas foi anulado pela arbitragem, ao anotar o impedimento. Aos 43min da segunda etapa, mais um bom ataque do Aiurê, cruzamento na área, a zaga do Nacional deu bobeira, mas o atacante Edvan, livre no segundo pau, não perdoou e fez o gol da virada, decretando o placar final e o 2 a 1, para os donos da casa, que puderam comemorar o título do Campeonato Municipal, Taça Grão-Pará 60 anos.

Após o término do jogo foram feitas as entregas de premiações do campeonato, com autoridades presentes. O terceiro lugar ficou com o Capivaras. O time vice-campeão Nacional teve um dos artilheiros do certame, o atacante Rodrigo. A equipe do Aiurê, além de poder levantar o Caneco Municipal 2018, teve também o um dos artilheiros com seis gols, o atacante Edivan e o goleiro menos vazado, a muralha Adilson Queixão. O capitão Deolindo Jerônimo ergueu o troféu ao lado do time e torcedores.


Leave a Comment